Esporte

Futebol 23/06/2017 08:30 Fonte: Plantão Esportivo

Dida herói do jogo, defende três pênaltis e coloca o Real na Final

Brilhou a estrela do  goleiro Dida nessa quinta feira no Valerião, o Real Ariquemes venceu  o Genus, nos pênaltis, por 3 a 1, após empate em 0 a 0 no tempo normal, e vai decidir o Rondoniense 2017.

No primeiro jogo, as duas equipes haviam empatado em 2 a 2 no estádio Aluízio Ferreira, em Porto Velho. Quem conquistasse a vitória, garantiria a vaga na decisão do Estadual. Mas, Real Ariquemes e Genus fizeram um duelo bastante truncado e sem muitas oportunidades, levando a partida para as penalidades.

Na cobrança de penalidades, quem brilhou foi o goleiro Dida, que defendeu as cobranças do meia Luciano Mourão, do atacante Tcharlles e do lateral Charlinho, ajudando o Real Ariquemes a chegar à decisão da competição estadual. E finalizaram para o Real Ariquemes, Dida, Vagner Junior e Marco Aurélio.

Com o resultado, o Furacão do Vale do Jamari avança à final do Estadual e aguarda o ganhador do duelo entre VEC e Barcelona, marcado para o próximo domingo no estádio Portal da Amazônia, em Vilhena. No primeiro jogo, o Catalão Vilhenense venceu por 3 a 0.

O Jogo

As duas equipes entraram com postura distinta em um campo irregular. O Real Ariquemes iniciou a partida de forma burocrática, trocando passes e sem oferecer muito perigo à meta do goleiro Caio. Já o Genus apostava nas descidas do lateral Charlinho, porém, nas bolas alçadas na área, o goleiro Dida sempre levava vantagem.

A primeira oportunidade de gol foi surgir somente ao final da primeira etapa. Aos 44 minutos, Dabson fez jogada individual e arriscou de fora da área, mas o goleiro Caio Borges realizou grande defesa.

Para a segunda etapa, o Real Ariquemes voltou a campo com nova postura, acelerando mais as jogadas pelas laterais. Aos cinco minutos, Índio cobrou falta na área e Marco Aurélio entrou livre pelo meio da zaga, mas não conseguiu escorar na bola.

Quatro minutos depois, o Genus chegou com perigo com o atacante Tcharlles, aproveitou uma falha individual do atacante Leleco, mandou um canhão de fora da área acertando o travessão.

Senhor meu Deus muito Obrigado pela Grande Bênção que o Senhor nos concedeu hoje neste jogo Difícil e cheio de Armadilhas. mais o Senhor nos permitiu a Vitória mesmo diante das Dificuldades encontradas. Amém.. Obrigado a vocês da imprensa do rádio, que leva aos amigos todas informações do nosso trabalho. Finaliza Dida após o jogo encerrado. Terceira decisão consecultiva do experiente goleiro do Real Ariquemes.

Após o início acelerado, as duas equipes diminuíram o ritmo e passaram a concentrar as ações no meio de campo sem oferecer muito perigo aos goleiros. Os dois times cansados, o árbitro Jonathan Antero terminou exatamente em cima, aos 45 um ponto.

Nos pênaltis, o Real Ariquemes marcou com Dida, Vágner Júnior e Marco Aurélio, enquanto que Hurtado fez para o Genus. O grande destaque nas penalidades foi o goleiro Dida que pegou as penalidades do meia Luciano Mourão, do atacante Tcharlles e do lateral Charlinho. Do lado do Furacão do Jamari, o zagueiro Marcelo Alves isolou a bola por cima do travessão. 

O Real Ariquemes chega pela primeira vez nna história do futebol rondoniense em uma decisão de campeonato, com somente dois anos disputando o estadual, em 2016 ficou na terceira posição. Furacão está invicto no campeonato rondoniense de 2017, são: 9 empates e 7 vitórias.

Alex Dida nesta dia abençoado, recebeu de Dona Laide Padilha, mãe do goleiro Danilo in memorian ex Chapeconense, uma mensagem de apoio, dizendo que estaria na torcida por ele nesta noite de quinta feira (22).

Ficha Técnica

  • Real Ariquemes 0 (3) x 0 (1) Genus
  • Local: estádio Gentil Valério 
  • Data: 22/06/2017
  • Público Pagantes: 400 e não Pagantes 90. Renda de R$ 4 Mil Reais.
  • Árbitro: Jonathan Antero Silva
  • Assistentes: Valdebranio da Silva e Edilson Soares Falcão; 4º árbitro: Maicon Pessoa de Souza; 5º árbitro: Celio da Silva Santos.
  • Gols (pênaltis): Dida, Vágner Júnior e Marco Aurélio (Real Ariquemes); Hurtado (Genus).
  • Cartões amarelos: Alan e Tião (Real Ariquemes); Gabriel (Genus).

Real Ariquemes
Dida, Cássio, Marcelo, Alan, Rafael Vioto, Tião (Rener), Michael Douglas, Dabson (Felipe Cabral), Índio (Vágner Júnior), Leleco e Marco Aurélio. Técnico: Simonio Veiga.

Genus
Caio Borges, Charlinho, Vágner Leonardelli, Fábio Gomes, Hurtado, Marcão, Luan Fernando (Alisson), Leivinha, Luciano Mourão, Gabriel (Leandro) e Tcharlles. Técnico: Mirandinha.


Sulenorte530f5faaa10d5 26904052 1401088410020007 3468956295198393236 n 19944622 1768075189889160 2633147811106186329 o
Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo