Política

Rondônia 29/05/2018 15:41 rondoniaovivo

Vereadores articulam abrir CPI para apurar desvios na SEMED

Decisão de criação deverá ser tomada na sessão desta terça-feira(29), na Câmara dos Vereadores.

Vereadores de oposição ao prefeito Hildon Chaves(PSDB) já estão se articulando para a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito(CPI) para apurar o que, de fato, está acontecendo na Secretaria Municipal de Educação(SEMED), que foi alvo na manhã desta terça-feira(29/05), da Operação Ciranda, deflagrada pela Polícia Federal. O secretário municipal de Educação, Marcos Aurélio Marques, foi preso e já está no complexo penitenciário.  

O objetivo da ação foi investigar fraudes na contratação de serviços de transporte fluvial para atender alunos da rede municipal de ensino. A PF informou que as irregularidades somam mais de R$ 20 milhões.

A vereadora Cristiane Lopes(PP) elogiou o trabalho da Polícia Federal e disse que foi feito corretamente. “Defendo o trabalho da polícia. Tive informação de que o secretário deu andamento nos processos para não deixar as crianças sem transportes. Isso não me convence. Será que ele não sabia das irregularidades? Dependendo do que ouvirmos da Polícia Federal, eu e alguns vereadores cogitamos a criação de uma CPI para apurar”, declarou.

A ideia de criar uma comissão também tem o apoio da vereadora Ellis Regina (PC do B). “Vou conversar com os sete vereadores que não são da base do prefeito Hildon Chaves para que a Câmara se posicione para apurar os fatos. Precisamos de sete vereadores para apresentar a proposta de CPI e de 14 vereadores para aprovação do pedido de CPI”, explicou.

A vereadora Ada Boabaid (PMN) que também é de oposição ao prefeito disse que essas denúncias foram feitas, no final do ano passado, junto ao Tribunal de Contas e o Ministério Público. “Verificamos em nossa denúncia que as empresas de transporte escolar haviam dobrado os valores cobrados. Além de que, possivelmente, tem laranjas envolvidos”, afirmou.

Os vereadores que fazem parte do Bloco de oposição ao prefeito Hildon Chaves, na Câmara dos Vereadores de Porto Velho, é conhecido como Bloco do Povo e é formado pelos vereadores Alexis Palitot, Ada Dantas, Cristiane Lopes, Marcio Oliveira (PMDB), Da Silva (PSB) e Ellis Regina.


Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo