Ariquemes (RO), 04 de junho de 2020

Política

BRASIL 05/05/2020 09:31 agenciabrasil | Postado por Izabella Coelho - DRT 1587/RO

Braga Netto diz que governo repudia violência contra jornalistas; agressões ocorreram no domingo

Em coletiva nesta segunda-feira, o ministro da Casa Civil, Braga Netto, reafirmou que a liberdade de imprensa é prezada pelo governo e repudiou os atos de violência contra jornalistas ocorridos por manifestantes que apoiam o presidente Jair Bolsonaro no domingo.


Durante a manifestação contra o Supremo Tribunal Federal e o Congresso Nacional, manifestantes que se aglomeravam na frente do Palácio do Planalto agrediram ao menos quatro jornalistas que estavam cobrindo p ato.


O ministro da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos, negou, na coletiva, que estaria sendo cotado para substituir o comandante do Exército, o General Edson Pujol.


Ele afirmou que enviou mensagem ao comando da Força para reforçar a negativa. E disse ainda que o existem outros generais mais antigos que estariam em sua frente para ocupar o posto.


Luiz Eduardo Ramos ainda reclamou, sem citar nomes, que parte da imprensa não divulga os números de pessoas recuperadas para a Covid-19, e agradeceu outras emissoras que divulgaram os números.


Braga Netto informou que foram enviados, durante o final de semana, para o Ceará, 4 mil unidades de álcool liquido, 56 mil unidades de equipamentos de proteção, 20 mil testes rápidos e 30 ventiladores pulmonares.


Já para o Amazonas, o governo transportou 31 toneladas de álcool em gel e 200 cilindros de oxigênio.


Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo