Regional

Ji-Paraná 12/09/2017 11:26 Decom Ji-Paraná

Prefeitura de Ji-Paraná avança na substituição de pontes de madeira

Somente neste ano de 2017, a Prefeitura de Ji-Paraná já substituiu 36 pontes e pontilhões de madeira na área urbana e rural da cidade por tubos armicos, de ribiloc e por bueiros de concreto.  Até o último levantamento, realizado no mês de agosto, haviam sido instalados mais de 650 metros de tubos, distribuídos em diversos bairros e setores rurais do município.

O trabalho faz parte do Programa Municipal de Substituição de Pontes de Madeira que foi iniciado no ano de 2013 e contempla ainda a construção de galerias de concreto armado e redes de bueiros com manilhamento.

O Programa é desenvolvido em duas frentes, sendo uma com a Secretaria de Obras com a construção dos bueiros e instalação de tubos e, a outra, coordenada pela Secretaria Municipal de Planejamento, com a contratação de galerias de concreto armado.

Conforme o Secretário de Obras, Milton Felix, somente nos últimos meses foram instalados tubos na rua T-18 entre Cruzeiro do Sul e Plácido de Castro; Rua T-11 com Brasiléia; Rua Rio Madeira entre Porto Velho e Capitão Silvio; Rua Albino Becker com  Olavo de Oliveira e na área rural nas linhas 4 e 8 na estrada do Km09, linha 12 do setor Itapirema e nas linhas 74 e 82 no setor Riachuelo.

“É um trabalho importante que contribui para manter as vias trafegáveis por um período mais duradouro. Em alguns casos, a instalação dos tubos proporcionou a abertura total da rua, como por exemplo, no Bairro São Bernardo, onde assim que o trabalho for concluído estaremos ligando os bairros São Bernardo com o Aurélio Bernardi através da rua Albino Becker”, explicou o Secretário.

O Prefeito Jesualdo Pires enfatizou que o trabalho de substituição de pontes de madeira possui outro fator relevante que é o custo beneficio para a Administração Pública. “Os tubos Armicos e de Ribiloc possuem uma durabilidade muito maior, quando comparados à madeira. As pontes de madeiras requerem manutenção constantemente, especialmente no período de chuva intensa. Já os tubos garantem muitos anos sem apresentarem problemas”, explicou Jesualdo.

 

Publicada por Letícia Mendonça.


Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo