Regional

Rondônia 28/03/2018 10:14 G1

Servidores liberam trechos da BR-364 que estavam bloqueados em Candeias e Vilhena

Manifestantes foram convocados para reunião na Assembleia Legislativa. Rodovia foi liberada depois de oito horas de interdição.

O tráfego na BR-364 foi liberado, por volta de 16h30, após trabalhadores da educação fecharem a rodovia em um bloqueio nesta terça-feira (27) em Candeias do Jamari (RO) e Vilhena (RO). A rodovia estava fechada desde 7h da manhã, pois os educadores em greve pedem reajuste salarial. Por causa do bloqueio, teve congestionamento da rodovia nas duas cidades.

Segundo o Sindicato dos Trabalhadores em Educação no Estado de Rondônia (Sintero), os manifestantes decidiram pelo fim do bloqueio depois de serem convocados para uma reunião, na Assembleia Legislativa, com deputados estaduais e vereadores do interior do Estado.

“Será uma reunião de portas fechadas com os parlamentares”, informou a presidente do Sintero, Lionilda Simão.

O sindicato explica que nenhum representante do governo entrou em contato com os grevistas, mas que o objetivo, que era chamar atenção das autoridades, foi alcançado. “Nesta quarta-feira (28) a manifestação segue com outras ações”, diz.

Em Vilhena, de acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o congestionamento de veículos se estendeu por mais de 15 quilômetros, só no período da manhã. De acordo com o Sintero, cerca de 350 servidores participaram do ato no Cone Sul.

Na tentativa de colocar fim na greve, que já dura mais de 30 dias, com 85% de adesão, o Tribunal de Justiça de Rondônia (TJ-RO) determinou multa diária de R$ 100 mil, caso o movimento grevista continue. De acordo com a assessoria do sindicato, não há expectativa para o fim da paralisação.


Sulenorte530f5faaa10d5 26904052 1401088410020007 3468956295198393236 n 19944622 1768075189889160 2633147811106186329 o
Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo