Ariquemes (RO), 16 de setembro de 2019

Regional

Deputado Adelino Follador 02/07/2019 09:31 Texto: Assessoria

Deputado Adelino Follador cobra liberação da Balsa sobre o Rio Jamari em Alto Paraíso

Parlamentar questionou a participação de Agero para o trabalho de liberação

O deputado estadual Adelino Follador (DEM) participou de reunião, na Câmara de vereadores do município de Alto Paraíso, com o diretor presidente da Agência de Regulação de Serviços Públicos Delegados (Agero), Marcelo Borges, vereadores e representantes de classes sociais, para discutir sobre a liberação para uso da Balsa no Rio Jamari, na RO-459. 

Follador questionou a atuação da Agero nesse processo. “É para enrolar ou para agilizar os serviços, pois, mesmo após as reuniões com o diretor geral do DER, Erasmo Meireles, que garantiu agilidade para resolver o problema, nada foi feito. Já são quatro meses desde o início da nossa cobrança” indagou Adelino. 

O parlamentar relatou que, inicialmente, a demora seria por conta da necessidade de parecer do Ministério Público, depois a liberação de licença ambiental pela Sedam. “Agora aparece a Agero assumindo a responsabilidade do processo, e dando início, de novo, as discussões, que já foram feitas no passado junto aos representantes do DER”, pontuou. 

Os vereadores falaram sobre o aumento dos gastos do município, por conta da falta da balsa, como exemplo, citaram manutenção de veículos e gastos com combustíveis. Já os empresários reclamaram dos problemas provocados pela dificuldade de acesso ao município e dos prejuízos que estão sofrendo com a baixa nas vendas e o desemprego na cidade. 

Os representantes da saúde relataram dificuldades no transporte de pacientes, devido à distância entre uma viagem e outra. E que além disso, as ambulâncias não têm ar condicionado, e ainda tem a impossibilidade de abrir as janelas pela quantidade de poeira, provocando um sofrimento muito grande aos pacientes, além do risco de acidentes, como tem acontecido frequentemente, pela falta de visibilidade no travessão B-40, na RO-457. 

Na educação, os alunos vivem em extremo perigo diário nas estradas e sempre chegam atrasados nas escolas, informaram os participantes da reunião. 

Follador pontuou que a agricultura é outro setor altamente prejudicado, por causa das dificuldades de acesso e condições precárias das estradas. Disse que isso gerou aumento no valor do seguro do transporte, criando um grande problema aos produtores. O presidente da Associação dos Feirantes informou que a queda nas vendas na Feira do Produtor deve ultrapassar os 50%. 

O parlamentar afirmou que vai continuar acompanhando esta situação de perto e muito atento para que o problema seja resolvido o quanto antes. “Soubemos que a licitação do Projeto da Ponte será feita e queremos anunciar quando isso acontecer”, encerrou.

 

Fotos e Texto: Assessoria

 


Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo