Ariquemes (RO), 22 de setembro de 2019

Regional

Ariquemes 17/08/2019 10:13 Diário da Amazônia

Prefeito criticava empréstimos de gestão anterior e pede empréstimo de quase R$ 10 milhões

“dinheiro tem, o que falta é gestão”. Afirmava Thiago Flores em 2016

Um pedido de empréstimo junto à Caixa Econômica Federal na ordem de R$ 9,9 milhões está gerando polêmica em Ariquemes. O projeto de autoria do prefeito Thiago Flores deu entrada no legislativo municipal na última semana e foi votado em caráter de urgência na última segunda-feira (12), não dando tempo para que os vereadores pudessem apreciar adequadamente, porém, foi aprovado somente um voto contrário.

Além disso, o município tem ainda uma dívida de aproximadamente R$ 35 milhões de um outro empréstimo feito pelo ex-prefeito Lorival Amorim.O que intriga é que o prefeito Thiago Flores sempre foi um entusiasmado crítico deste tipo de ação na gestão de seu antecessor, afirmando sempre que: “dinheiro tem, o que falta é gestão”.

Outro ponto polêmico é que recentemente o prefeito anunciou que tinha R$ 40 milhões em caixa, ai fica a dúvida, qual seria a verdadeira finalidade deste dinheiro no final do mandato, seria para obras eleitoreiras? Até porque o contrato diz que tem dois anos de carência, ou seja, dando como garantia o FPM, que é a maior renda do município, e assim, acumulara a divida para o próximo prefeito.

Visto que a maior parte deste recurso seria para compra de maquinas, vale lembrar que os parlamentares federais entregaram mais de R$ 150 milhões em maquinários recentemente ao Estado, e percebe que faltou articulação para que o município recebesse mais destesinvestimentos,e outros, sem endividar o município.  Além de ficar claro a falta de prestigio dentro do próprio partido, em que o atual Governador, Marcos Rocha,em oito meses no mandato, não esteve prestigiando o prefeito de seu partido na prefeitura de Ariquemes.

 Thiago Flores com seu padrinho político Valdir Raupp

 


Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo