Rondônia

Ariquemes 09/02/2018 11:02 G1

Fossa de presídio que transborda há 3 meses gera reclamação entre moradores de Ariquemes

Moradores da Linha C-75 dizem que fossa começou a transborda ha cerca de três meses. Sejus não comentou sobre o caso; Sema disse que uma equipe irá ao local para verificar.

Uma fossa do Centro de Ressocialização de Ariquemes (RO), está transbordando há três meses e moradores da localidade estão enfrentando transtornos por causa do esgoto e do mau cheiro na região. Segundo os moradores, a fossa começou a transbordar há cerca de três meses e nenhuma providência foi adotada pelas autoridades.

Quem mora nas proximidades do presídio e precisa passar todos os dias pela estrada reclama pelo da água com dejetos escorrerndo pela via e avançando para as propriedades.

O agricultor Jorge Zanon relatou à Rede Amazônica que mora no local há décadas e nunca conviveu com um transtorno destes. Ele diz ainda que a situação enfrentada no dia a dia é bastante constrangedora.

“É uma tragédia ter que passar pelo local e se deparar com o mau cheiro do esgoto, sem contar que a gente vive aqui há 42 anos e nunca tivemos algum problema. Todos os moradores da Linha C-75 estão sendo prejudicados. Aquela água está correndo para dentro de um igarapé e depois ela vai parar no Rio Jamari”, comenta.

A irmã do agricultor, Eva Zanon, também ressalta o apelo para que algo seja feito na localidade e revela que os horários mais críticos são durante o início da manhã e da tarde.

Procurada pela reportagem, a Secretaria de Estado de Justiça de Rondônia (Sejus-RO) não comentou sobre o caso.

Já o Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Sema) informou que uma equipe de fiscais da secretaria deve ir ao local para averiguar a situação.


Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo