Ariquemes (RO), 15 de setembro de 2019

Rondônia

30/08/2019 10:29

Audiência Pública realizada em Ariquemes debate monopólio do JBS em plantas frigoríficas

O deputado Geraldo da Rondônia, abriu a audiência pública, realizada em Ariquemes na noite desta quinta-feira (29), em Ariquemes, com abordagem central sobre o monopólio da empresa JBS junto ao comércio de carne e derivados, pedindo uma ampla investigação para o setor. Sendo este um dos assuntos centrais debatido na audiência o qual Geraldo da Rondônia foi o proponente.

Na discussão, diretrizes que visam ameninar a crise frigorífica e láctea que toma do estado, como mencionou o parlamentar. “Uma empresa como a JBS que compra plantas frigoríficas para mantê-las fechadas, comete um crime contra o estado, impedido a geração de emprego e renda, deixando de contribuir em impostos sobre mercadorias, os quais são usados para investimentos e desenvolvimento”, mencionou Geraldo da Rondônia.

A audiência pública, realizada pela Assembleia Legislativa contou com a presença de diversas lideranças ligadas ao setor econômico em Rondônia. Entre eles, Dr. Fabiano proprietário de frigorifico na grande região de Ariquemes. O empresário deliberou sobre as dificuldades tributárias que estão impedindo muitos frigoríficos de crescerem, expandir produção e contratações. Segundo dados apontados por Fabiano, alguns frigoríficos/abatedouros de pequeno e médio portem estão passando pelo risco de encerrar atividades nos próximos meses. “Alguma ação precisa ser assumida de fato para que não ocorram novos fechamentos de frigoríficos em nosso estado”, ressaltou o empresário.

O consenso apresentado na discussão foi uma articulação junto a toda bancada de deputados estaduais, numa grande força, junto a proprietários de frigoríficos dentro do estado, para que assim possam apresentar ao governo do estado uma proposta justa de incentivos fiscais para que estas empresas possam continuar operando.

Dados pecuários

Rondônia possui uma pecuária forte com um rebanho bovino que passa a casa dos 13 milhões de cabeça, com uma exportação de carne in natura em alta.

“Só em Ariquemes dois grandes frigoríficos encerraram atividades nos últimos anos, o Marfrig – que em seu grande período de produção contou com uma média de 865 funcionários (hoje desempregados) e o JBS Ariquemes – média de 300 funcionários. Outros empreendimentos não tiveram a oportunidade de iniciar atividades, um deles atualmente pertence ao JBS (antigo FRIGOARI, em que a planta foi vendida para a JBS)”, lembrou Geraldo da Rondônia.

O rebanho bovino do estado é de 13.823.439. No ranking de munícipios a capital do estado, Porto Velho lidera com rebanho de 984.228; seguido por Nova Mamoré com 660.440.  Ariquemes está em 5º lugar com rebanho 480.493.

Números apontam Rondônia como o 7º maior produtor de Leite do Brasil, e o maior da região norte, em que o rebanho leiteiro consiste em 3.454.624.

O rebanho de leite caiu em Rondônia 7,8% em comparativo com o ano de 2017 e 2018, consequentemente o leite caiu 7,5%, assim provocando alta do preço do leite em 21,8%.

Geraldo da Rondônia mencionou que a cadeia produtiva do estado encontrasse sob o efeito das crises econômicas registradas nos últimos cinco anos, registrando fechamento e plantas de empreendimentos dentro do estado. “Nossa objetivo é que de fato seja montada uma estratégia de fortalecimento de frigoríficos, laticínios e outros empreendimentos considerando a cadeia produtiva do estado entre carne, leite entre outros derivados”.

A partir desta audiência teremos dados para contribuir para montagem de diagnóstico sobre as condições de funcionamento e geração de emprego e renda das indústrias frigoríficas e lácteas dentro do estado.

Estiveram presentes na Audiência Pública, representantes das classes segmentadas; o prefeito Thiago Flores, deputado Adelino Follador; vereadores de Ariquemes (Joel da Yamaha, Renato Padeiro, Amalec Costa, Pastor Eronildo, Natan, Graça Davelli); vereadores e secretários municipais da região do Vale do Jamari.

Ainda presentes na Audiência, Dra Margareth, médica veterinária representando o IDARON; Avenilson Trindade, representando a Seagri; Alismar Dantas, representante da ACIA; Paulo Jair, representante da FIERO; Mônica Dantas, representante do frigorifico Dallas; Dr. Mateus Bernadino, procurador da Assembleia da Legislativa.

 

Assessoria


Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo