31.8 C
Ariquemes
quarta-feira, maio 12, 2021
Início Notícias Abastecimento de oxigênio e a rápida vacinação da população de Rondônia contra...

Abastecimento de oxigênio e a rápida vacinação da população de Rondônia contra Covid-19 são discutidos em Brasília

O  Governo de Rondônia se reuniu nesta quarta-feira(24) com o Ministério da Saúde, em Brasília para discutir o risco de desabastecimento de oxigênio para pacientes graves com Covid-19 e a rápida vacinação da população rondoniense.

Pela manhã, o governador, coronel Marcos Rocha participou da posse do novo Ministro da Saúde, Marcelo Queiroga e pontuou junto ao presidente da República Jair Bolsonaro, a preocupação com o número crescente de infectados e a situação do oxigênio nos hospitais. “São vidas que temos a responsabilidade no Estado. Temos uma margem de segurança no oxigênio para os pacientes, mas é preciso que nos adiantemos para que de forma nenhuma falte este componente fundamental”, afirmou.

À tarde o coronel Marcos Rocha se reuniu com o ministro Marcelo Queiroga, juntamente com o secretário de Saúde do Estado, Fernando Máximo e o secretário-chefe da Casa Civil, José Gonçalves Junior, onde enumeraram as demandas mais urgentes da Saúde pública de Rondônia.

A vacinação urgente da população foi encaminhada ao novo ministro da Saúde, enquanto foi informada a compra das doses do imunizante Sputink V no dia 23. “Ministro, eu como policial sei o quanto nossos agentes civis, militares e bombeiros se expõem aos riscos de contaminação da Covid-19. É o trabalho deles, então peço ao senhor que nos ajude a enviar vacinas suficientes a estes profissionais essenciais”, pediu Marcos Rocha.

Queiroga explicou que a demanda é válida e vai verificar dentro da legislação do Programa Nacional de Imunização (PNI), qual o procedimento específico desta ação. “Vamos verificar, porém certamente com o incremento de vacinação geral, este grupo vai ser vacinado rapidamente”, definiu.

Governador Marcos Rocha pede ao novo ministro da Saúde vacinas e oxigênio

O número de doses recebidas pelo Estado foi pontuado pelo secretário da Sesau, Fernando Máximo, relatando que a quantidade é desproporcional a regiões vizinhas que tem recebido número igual ou superior, sem ter as UTIs sobrecarregadas. Ele destacou que o custo de vacinar a população com urgência é menor do que transferir pacientes para outros Estados.

A equipe técnica do Ministério da Saúde entendeu o pedido e explicou que, o Estado precisa encaminhar ofício aos gestores do PNI e demonstrar que Rondônia tem uma logística muito mais complexa que Rio de Janeiro e São Paulo, tanto para insumos, vacinas, EPIs, oxigênio, entre outros. A partir daí a necessidade de vacinar é mais urgente que outros Estados.

O oxigênio utilizado em pacientes internados também foi tema de debate. A equipe técnica do Ministério ressaltou que o Governo Federal está em alerta máximo a todos os Estados da federação. A logística dos Estados da Região Norte possui maior desafio, por conta da distância e do risco de transportar oxigênio. O insumo hospitalar líquido praticamente só pode ser enviado para Rondônia e o risco deste material faz com que somente o Governo Federal faça o transporte.

O Ministério da Saúde possui área exclusiva para acompanhar os estoques de oxigênio de cada Estado e monitora a produção e o consumo de cada município. Rondônia investe seus recursos próprios para diminuir a necessidade de internação por conta da Covid-19, com aquisição de vacinas. O Estado adquiriu 1 milhão de doses da vacina Sputnik diretamente da farmacêutica russa Gamaleya no dia 23, para imunizar 100% dos rondonienses maiores de 18 anos. A expectativa é os imunizantes cheguem a partir da segunda quinzena de abril e a vacinação ocorra até a metade de 2021.

Também participou da reunião a deputada federal Mariana Carvalho.

Mais Populares

Polícia Federal realiza operação WOOD LAND e desarticula grupo de madeireiros que extraíam madeiras ilegais em terra indígena

A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta terça-feira, 11/05/2021, a Operação WOOD LAND, cumprindo mandados nas cidades de Ji-Paraná/RO, Cacoal/RO, Ministro Andreazza/RO e Rondolândia/MT,...

Boletim diário sobre coronavírus em Rondônia

O Governo de Rondônia, por meio da Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa) e a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), divulga balanço...

PACIENTES PRECISAM SER DESLOCADOS PARA OUTRAS UNIDADES PARA CONSEGUIREM APENAS UM EXAME DE TOMOGRAFIA

Meus amigos, após denúncias, encaminhamos ao Governo de Rondônia pedido de providências quanto ao aparelho de tomografia do Pronto-socorro João Paulo II que está...

TJRO mantém indeferimento de posse em cargo emergencial de médica que acumulava cargo

 A 2ª Câmara Especial do Tribunal de Justiça do Estado de Rondônia manteve a sentença do Juízo da 3ª Vara Cível da Comarca de...
Skip to content