22.3 C
Ariquemes
quinta-feira, janeiro 21, 2021
Início Policia,Notícias,Destaques principal Abrigo de crianças é denunciado por maus-tratos físicos e psicológicos em Rondônia

Abrigo de crianças é denunciado por maus-tratos físicos e psicológicos em Rondônia

Na manhã deste último domingo (03), a Polícia Civil recebeu uma denuncia, para investigar a suspeita de maus-tratos  dentro da “Casa do menor” em Vilhena (RO).

A casa do menor é um órgão municipal cujo objetivo é abrigar crianças e adolescentes que são afastados da família ou que não possuem quem se responsabilize por eles.

De acordo com boletim de ocorrência, um pai que está lutando na justiça pela guarda de suas filhas de 3 e 9 anos, as quais foram retiradas de seu lar sob a acusação de que estariam sendo maltratadas, fora visita-las no último domingo (03), no abrigo onde se encontram , e foi impedido de entrar. Depois de muita insistência, a visita foi permitida, momento em que ao adentrar  o pai constatou que sua filha de 9 anos estava com um hematoma no rosto . Diante da constatação, o genitor insistiu para que a criança falasse o que havia acontecido, a mesma demonstrava estar com medo e  relatou dizendo que  “as tias” as colocaram de castigo dentro do banheiro por muito tempo, e depois a levaram para dentro do quarto, puxando seus braços e cabelo, e que uma delas a empurrou e a mesma bateu com a cabeça no chão”.

Diante de tais informações o pai saiu do local, a fim de registrar a ocorrência,  deixando  no abrigo a fim de continuar a visita seus outros dois filhos de 14 e 16 anos, contudo, a  monitora que estava no momento retirou-os do local e os colocou para fora do abrigo. Pela janela segundo os mesmos,  viram  o momento em que uma  monitora começou a agredir e sacudir a irmã de 09 anos,  chamando-a de  fofoqueira, momento em que se  de retiraram do local vindo a encontrar  o pai durante o percurso, sendo que de imediato retornaram para o abrigo, porém antes de chegarem ao local encontraram com as crianças na rua, sendo que disseram  que haviam pulado a janela e fugido do abrigo. A criança  de 9 anos, foi submetida a exame  de corpo de delito, e a ocorrência policial  registrada para as providências cabíveis.

 

Mais Populares

Boletim diário sobre coronavírus em Rondônia

O Governo de Rondônia, por meio da Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa) e a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), divulga os...

A trajetória da pandemia por COVID-19. O que os números expressam na quadragésima semana da pandemia em Rondônia?

Em 30 de janeiro de 2020, a Organização Mundial de Saúde (OMS) reconheceu que a COVID-19, doença causada pelo Novo Corona Vírus (SARS-Cov-2) era...
Skip to content