22.2 C
Ariquemes
domingo, janeiro 17, 2021
Início Policia Amorim procura SESDEC para cobrar posição em relação as decisões da justiça...

Amorim procura SESDEC para cobrar posição em relação as decisões da justiça e sobre a ocorrência de atos violentos praticados por meliantes em sua propriedade

No dia da audiência o Governo entregou para segurança pública mais de cem novos veículos

Já cansado da apatia do Estado em relação a situação de violência que vem ocorrendo em sua fazenda, invadida por meliantes armados e ameaçando sua integridade física, impossibilitando o acesso à propriedade que é uma garantia constitucional, Ernandes Amorim, esteve na última quinta-feira (20), na Secretaria Segurança Pública do Estado para cobrar uma posição em relação as decisões judiciais já estabelecidas a seu favor.
Em conversa com o Secretário Adjunto da SESDEC, foi feito um panorama geral da situação que “está sem controle”, não sabendo mais o que fazer ou até mesmo a quem procurar para que seja resolvido a reintegração de posse, de acordo com o que a justiça prevê e determina.
Amorim assegurou não ter ciência de nenhum andamento efetivo que esclareça o que houve com os funcionários da fazenda que sumiram na invasão. “A propriedade foi tomada, invadida por indivíduos sem identidade e associações formadas somente para práticas de bandalheiras, queimadas, invasões e ameaças. Causando um verdadeiro terror na região que fica na divisa com terras indígenas”.
“Mais uma vez venho procurar as autoridades para que exerçam a sua função de manter a ordem e colocar esses maus feitores pra fora de minha propriedade. Acredito que tenham já colhido informações suficientes em duas ações que a polícia fez para que fossem de fato organizados os planos de ação desta solicitada reintegração e esclarecimento dos desaparecimentos de dois pais de família”, esclareceu Amorim.
Amorim ainda acrescentou que tem recebido notificação de que “os bandidos”, inclusive já estão fazendo marcação e comercializando as terras. Sendo vistos empresários e políticos da região negociando essa demanda. “Sei que a polícia tem como, por sistema de inteligência estar monitorando tudo isso e impedindo essa comercialização e bandidagem irregular. Meu questionamento é porque tudo isso ainda continua a acontecer. Todos esses atos ilegais. Vejo os líderes do bando andando de carros novos, caros. Uma organização criminosa”, acrescentou.
Amorim relatou ter presenciado neste mesmo dia da audiência na SESDEC, a entrega de várias viaturas e assinatura de contrato de locação de veículos para estruturar a frota de segurança do estado, “tomará que esse investimento atinja a real finalidade, porque nesse momento me sinto desamparado em relação à segurança pessoal e patrimonial que o Estado de Rondônia vem me dando como cidadão”.

Foto Ernandes Amorim: Assessoria
Foto entrega de veículos: SESDEC

Mais Populares

Boletim diário sobre coronavírus em Rondônia

O Governo de Rondônia, por meio da Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa) e a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), divulga os...

Novo decreto estabelece Isolamento Social Restritivo por 10 dias e toque de recolher nos municípios das Fases 1 e 2

A fim de evitar um colapso na saúde pública no Estado e visando a contenção do avanço da pandemia da Covid-19, o Governo de Rondônia, por...

Boletim diário sobre coronavírus em Rondônia

O Governo de Rondônia, por meio da Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa) e a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), divulga os...

Números de casos positivos do Coronavírus aumentam e lotam leitos de UTI em Jaru; população deve redobrar os cuidados para o que sistema de...

Números de casos positivos do Coronavírus aumentam e lotam leitos de UTI em Jaru; população deve redobrar os cuidados para que sistema de saúde...
Skip to content