21.8 C
Ariquemes
quinta-feira, abril 15, 2021
Início Geral ANASPS DENUNCIA SEDE DE PODER DA FAZENDA

ANASPS DENUNCIA SEDE DE PODER DA FAZENDA

O Vice-presidente executivo da Associação Nacional dos Servidores da Previdencia e da Seguridade Social-ANASPS, Paulo César Regis de Souza, disse hoje que “a sede de poder do Ministro da Fazenda é desmedida e maior do que ele e que ao anexar a Previdência ao Ministério da Fazenda tem o claro objetivo de se apropriar de 2 trilhões e 400 bilhões de reais de patrimônio da Previdência, do trabalhador brasileiro, para fazer o jogo da política fiscal”.

“Concordo com o senador Paulo Paim quando afirma que a Previdência não pode ser um “puxadinho” da Fazenda, acrescentou”.

“A sociedade brasileira não sabe o que está em jogo, pois a Fazenda não revela “a banda suja” de suas intenções: a política fiscal está desorganizada e desestruturada, mais parecendo um “queijo suíço”, com rombos por todos os lados, por força da crise mundial, inflação, desemprego, queda no PIB e na classificação de risco, havendo dificuldade para cobrar a dívida ativa e monetizar a arrecadação declaratória – coisa que a Receita Federal ainda não aprendeu a fazer – restou apoderar-se de todas as receitas contributivas de fonte, no que se apoia a Receita Federal. Além disso, a Fazenda quer incluir todas as receitas previdenciárias na Desvinculação das Receitas da União-DRU”.

O Ministério da Fazenda se apropriou de todo o dinheiro da Previdência, como se verifica:

Receita Liquida da Previdência 367, 4 bilhões.
COFINS 266,4 bilhões
CSLL 183,5 bilhões
Ativos dos fundos de pensão 700,0 bilhões
Ativos dos planos de previdência 450,0 bilhões
Dívida ativa da Previdência 300, 0 bilhões.
Ativos dos regimes próprios (*) 200,0 bilhões
Total 2,4 trilhões
(*) estimado

Para fraudar seus propósitos, a Fazenda colocou “o bode na sala” e argumentou, de forma orquestrada, com a necessidade de uma reforma previdenciária na área de benefícios, com base na implantação de uma idade mínima e na ameaça de explosão da bolha demográfica. “Qualquer leigo em previdência, sabe hoje que a reforma deve ser feita no financiamento e não em benefícios”. O impacto da reforma no financiamento se dará de imediato, e a de benefícios daqui a 20/30 anos.

Paulo Cesar enfatizou que há tempos a Fazenda vinha se apropriando da Previdência, pois foi lá que nasceu o fator previdenciário para reduzir o déficit da Previdência e que não reduziu nada. A Fazenda tomou conta das políticas da Previdência e se apropriou da Receita Previdenciária, incorporada a Receita Federal, e da divida ativa. De R$ 300 bilhões, anexada a Procuradoria Geral da Fazenda Nacional. Resultado prático, o déficit não caiu, a Receita não combateu a sonegação, evasão e elisão, não fiscalizou os devedores, favoreceu os caloteiros com os REFIS, já foram mais de 10, e a PGFN não recuperou crédito.

“A Fazenda praticou ainda um verdadeiro saque contra a Previdência, sem consulta-la, de mais de R$ 100 bilhões, ao impor a desoneração contributiva, substituindo a contribuição sobre a folha pela alíquota sobre o faturamento. A Fazenda relutou ainda em estabelecer a “verdade contábil” da Previdência transferindo os rurais, não contribuintes, para a LOAS, porque sabe que o déficit sumirá no conceito fluxo de caixa, como já sumiu no conceito Seguridade Social. A Anasps condena a farsa e o engodo e pede ao Presidente Temer a recriação do Ministério da Previdência Social”, concluiu.

Brasília, 08.06.2016

Mais Informações: ligar para Byanca Guariz
61-3321-56 51
E-mail: [email protected]

Mais Populares

Polícia Rodoviária Federal prende dois homens por porte ilegal de arma em Ariquemes

Polícia Rodoviária Federal em Ariquemes realizou, na noite desta quarta-feira (14), a prisão de dois homens com certificado CAC (Colecionador, Atirador, Caçador) por porte...

Boletim diário sobre coronavírus em Rondônia

O Governo de Rondônia, por meio da Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa) e a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), divulga balanço...

Produtores de leite protestam contra laticínios por baixa de preço no leite

Os produtores de leite da região de Machadinho D’Oeste, Buritis, Campo Novo e a região do Vale do Guaporé, se revoltaram em razão de...

Produtores doam 250 litros de leite para a SEMAS

A Secretaria Municipal de Assistência Social (SEMAS) de Rolim de Moura (RO) ganhou e distribuiu 250 litros de leite de pecuaristas que estão insatisfeitos...
Skip to content