21.7 C
Ariquemes
segunda-feira, março 1, 2021
Início Notícias Auxílio emergencial: 40 milhões de pessoas devem receber o benefício

Auxílio emergencial: 40 milhões de pessoas devem receber o benefício

Nesta conta, cerca de 27 milhões de brasileiros que já receberam o auxílio emergencial ficariam de fora desta nova rodada de pagamento. No total o benefício social foi pago a 67 milhões de pessoas no ano passado.

Mesmo assim, o novo valor é maior do que o divulgado anteriormente pelo ministro da economia, Paulo Guedes, que estimou que 32 milhões isso levando em consideração que o benefício seria pago apenas para população que não recebe auxílio financeiro de nenhum programa social, assim excluindo aqueles cadastrados no Bolsa Família.

Por outro lado, de acordo com a reportagem, o filtro da nova rodada do auxílio emergencial seria mais abrangente do que o anunciado. Seriam inclusos tanto os beneficiários do Bolsa Família, quanto pessoas que pertencem as camadas mais baixas da pobreza.

Valor e duração do auxílio emergencial

O valor do auxílio emergencial ainda não está com uma decisão final, mas deve variar, entre R$ 200 e R$ 250 por pessoa.  Podendo ainda dobrar, em caso de mães solteiras, o que ainda está em análise pela equipe econômica do atual governo. Esta medida foi realizada em 2020, onde as mães solteiras receberam até R$ 1,2 mil.

O auxílio emergencial deve ser pago por três ou quatro meses, de acordo com o próprio presidente.

O presidente Jair Bolsonaro vinha negando a volta do benefício, em uma oportunidade chegou até a dizer que o benefício não era aposentadoria. Agora voltou atrás, após uma queda de braço para o retorno do benefício.

“Está quase certo, ainda não sabemos o valor. Com toda a certeza, a partir… com toda a certeza, pode não ser a partir de março. Três a quatro meses, está sendo acertado com o Executivo e o Parlamento também porque temos que ter responsabilidade fiscal”, prometeu Bolsonaro.

As informações fazer parte de entrevista concedida a TV Mirante, afiliada da TV Globo no Maranhão. As falas do presidente ocorrerem após uma cerimônia de entrega de títulos de propriedade rural em Alcântara.

Bolsonaro agora está em São Francisco do Sul, litoral catarinense, onde ele e sua família devem passar o carnaval. Bolsonaro deve voltar a Brasília somente na quarta-feira (17). Lá ele chegou a debochar e dizer:

“Quem foi que tirou teu emprego? Tá gravando? Pode gravar. Você quer o auxílio? Pede para o governador”, afirmou o presidente a uma apoiadora.

 

Mais Populares

Na quinta noite da “Operação Restrição” população e comerciantes são orientados a seguir Decreto Estadual

O Governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado de Segurança, Defesa e Cidadania (Sesdec), sob a coordenação do Corpo de Bombeiros Militar,...

Boletim diário sobre coronavírus em Rondônia

O Governo de Rondônia, por meio da Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa) e a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), divulga os...

Prefeita Carla Redano cancela decreto que fechava comércio em Ariquemes

A prefeita de Ariquemes cancelou o Decreto Municipal publicado na última sexta-feira (26), que fechava parte do comércio. O anuncio foi feito no final...

Adolescente é estuprada por suposto vigilante na zona leste da capital

Uma adolescente 17 anos, passou por momentos de terror nas mãos de um homem que a estuprou logo nas primeiras horas da manhã deste...
Skip to content