22.7 C
Ariquemes
segunda-feira, janeiro 18, 2021
Início Notícias Cemetron deixa de receber pacientes devido a falta de coleta de lixo...

Cemetron deixa de receber pacientes devido a falta de coleta de lixo hospitalar em RO

O Centro de Medicina Tropical de Rondônia (Cemetron) deixou de receber pacientes na tarde desta quarta-feira (25) em Porto Velho devido a paralisação na coleta de lixo hospitalar. Um memorando informando a situação foi enviado à Secretaria de Estado da Saúde (Sesau).

No documento, a direção da unidade hospitalar afirma que sem a coleta de lixo classificado como infectante, químico ou perfurocortante, a situação do Cemetron se apresenta “de forma delicadíssima” pois além do atendimento aos casos de doenças infectocontagiosas, o hospital ainda disponibiliza 32 leitos, sendo 10 de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), para casos de Covid-19.

A direção também afirma que o “Plano de Contingência Para Coronavírus – Cemetron” define que todos os resíduos provenientes da assistência devem ser enquadrados na categoria infectantes. Diz ainda que a empresa que realiza a coleta de lixo comum do hospital informou que não mais realizará a coleta dos resíduos que estiverem misturados aos infectantes.

Segundo o memorando, toda essa situação tem gerado acumulo de lixo hospitalar nas enfermarias, e por isso a unidade suspendeu temporariamente as novas admissões de pacientes até que a Sesau contrate uma empresa especializada para a coleta de resíduos.

Em nota, a Sesau informou que os pacientes não estão sendo aceitos no Cemetron por questão de segurança, e que eles estão sendo encaminhados para o Hospital de Campanha.

Suspensão na coleta de lixo

Hospitais públicos de Rondônia estão sem o serviço de coleta de lixo desde a terça-feira (24) pois o contrato com a empresa responsável pelo trabalho venceu e não houve acordo com a Secretaria Estadual de Saúde (Sesau).

A secretaria informou que tentou prorrogar o contrato com a empresa até 31 de dezembro deste ano, pois já está com outra licitação em andamento. Entretanto, a empresa não aceitou, pois queria por um prazo de 180 dias.

Sem acordo, a empresa retirou das unidades todos os objetos e materiais utilizados na coleta de lixo hospitalar.

Mais Populares

Boletim diário sobre coronavírus em Rondônia

O Governo de Rondônia, por meio da Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa) e a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), divulga os...

INTRAFEGÁVEL: Estrada de acesse ao distrito de São Carlos revolta moradores.

Moradores do distrito de São Carlos distante aproximadamente 70km da capital , estão revoltados com as péssimas condições de trafegabilidade da estrada que da...

Rapaz foge após esfaquear idoso de 75 anos nas costas durante discussão em Cacoal

Ocorrência foi registrada na manhã deste segunda-feira(18 de Janeiro ). Segundo a Polícia Militar, vítima foi socorrida na madrugada de domingo e levada para...

POLÍCIA ATIRA COM BALAS DE BORRACHA PARA ACABAR COM FESTA

A Polícia Militar (PM) informou que flagrou uma festa sendo realizada na zona rural de Cerejeiras (RO), na noite deste  domingo (17) Os organizadores do...
Skip to content