23.7 C
Ariquemes
quarta-feira, abril 21, 2021
Início Notícias Cumprir decreto e fiscalizar eventuais aglomerações é dever do cidadão; Disque Denúncia...

Cumprir decreto e fiscalizar eventuais aglomerações é dever do cidadão; Disque Denúncia é disponibilizado

O trabalho em prol da preservação da saúde da população tem sido reforçado constantemente pelo Governo de Rondônia, por meio do Corpo de Bombeiros Militar (CBM), ao longo deste período pandêmico. A missão, só é possível graças aos canais de comunicação disponibilizados à sociedade para colaborar, denunciando eventuais casos de aglomeração e demais atos irregulares.

Com o envolvimento de várias entidades de fiscalização, segurança e defesa do Estado, as denúncias facilitam a operacionalização desencadeada pelos órgãos, uma vez que, o próprio cidadão rondoniense deve cumprir e ajudar a fiscalizar este processo que tem o único objetivo de salvar vidas.

Para isso, em casos de descumprimentos das regras estabelecidas pelo atual decreto nº 25.859, de 6 de março de 2021, a população pode comunicar às autoridades a fim de ser apurado e/ou atendido denúncias de possíveis ações irregulares. Os seguintes telefones são oferecidos:

  • 193 – Corpos de Bombeiros
  • 190 – Polícia Militar
  • 197 – Polícia Civil

Os denunciantes podem fazer uso deste serviço 24 horas por dia. Não há a necessidade de se identificar durante o ato.

De acordo com o comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel BM Gilvander Gregório de Lima, que também lidera a missão de acompanhamento das denúncias recebidas pela comunidade, o processo de autenticidade e investigação somado pela equipe responsável dos atendimentos, evita equívocos e práticas ilegais como o chamado ‘trote telefônico’. “Fazemos sempre uma checagem minuciosa das informações das ligações que recebemos para garantirmos sua veracidade”. Toda a ação conta com o suporte do Centro Integrado de Operações (Ciop), departamento veiculado à Polícia Militar de Rondônia, que faz uma triagem das queixas levantadas, além do teor dos fatos.

APOIO ÀS FISCALIZAÇÕES

A aglomeração ainda é o principal problema enfrentado no Estado. Na capital Porto Velho, por exemplo, onde atualmente se realizam trabalhos de fiscalização em vias e locais públicos e em estabelecimentos comerciais da cidade, tem sido um desafio aos órgãos de defesa evitar a proliferação do vírus entre as pessoas.

O trabalho, coordenado pela CBM, ocorre desde o final do ano passado, e já realizou mais de 5.900 intervenções até o último sábado (27), com a sexta “Operação Emergência”. Nesse dia, foram registrados cinco flagrantes de aglomerações, uma delas em uma praça de lazer, onde mais de 100 pessoas foram encontradas caminhando fora do horário permitido.

Na maioria dos casos, a operação atua em cima da denúncia realizada pela população, fator fundamental do monitoramento. A iniciativa de fazer uma simples ligação é de extrema importância, pois ajuda as equipes especializadas a estarem preparadas para o destino da ocorrência, a fim de aplicar as medidas cabíveis em prol da sociedade.

Mais Populares

Boletim diário sobre coronavírus em Rondônia

O Governo de Rondônia, por meio da Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa) e a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), divulga balanço...

Pai de Gil, do BBB 21, reaparece após 15 anos sem contato: “só quero poder dar um abraço

Depois de 15 anos sem contato com o filho, o pai de Gil, do BBB 21, reapareceu. O ex-porteiro, que também se chama Gilberto,...

No dia da Polícia Civil, Governo de Rondônia ressalta a importante missão e atuação da Segurança Pública

Em meio aos desafios enfrentados no dia a dia, a Polícia Civil de Rondônia (PC) desempenha importante missão em prol da Segurança Pública, aplicando...

Após colisão violenta, motorista de aplicativo morre na BR-364

Um grave acidente foi registrado na manhã deste quarta-feira (21), próximo a Rical, perímetro urbano de Vilhena. Uma mulher que conduzia um Hyundai HB...
Skip to content