Equipe técnica da Sedam visita aldeias indígenas; projeto “Café Tribus” é apresentado

Em virtude do assoreamento de nascentes, minas e córregos, o Governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Ambiental de Rondônia (Sedam) está dando uma atenção especial  a recuperação dos recursos hídricos nos municípios do Estado efetuando estudos técnicos para recuperar áreas degradadas  elaborando os diagnósticos ambientais, com as participações de prefeituras e secretarias municipais de meio ambiente propondo soluções ambientais sustentáveis com a recuperação de áreas degradadas.

A equipe técnica da Sedam está visitando essas propriedades que poderão receber apoio e incentivo do Governo do Estado. Na quinta-feira (17), o secretário de Desenvolvimento Ambiental, Marcílio Leite Lopes, acompanhado da gerente Regional da Sedam em Cacoal Thalitta Cota, e o assessor técnico Marcos Garcia visitaram as aldeias Lapetanha e Linha 9 Surui, no município de Cacoal.

O cacique Almir Surui, da Aldeia Lapetana, da Terra Indígena Sete de Setembro, em Cacoal, recepcionou a equipe e disse que a Nação Surui tem aproximadamente 1800 pessoas e acredita no interesse do Estado em apoiar e contribuir com projeto sustentável, trazendo futuras parcerias entre às autoridades e as comunidades indígenas. “Estou feliz com a visita da Sedam em nossa aldeia, trazendo excelente proposta para recuperação das nascentes, minas e córregos que virão a beneficiar as nossas terras” frisou.

A coordenadora dos Povos Indígenas da Sedam, Valdenilda Karitiana, destacou a visita da Sedam para conhecer o projeto “Tribus” e a produção como fundamental para o desenvolvimento sustentável da Nação Indígena na exploração do café, banana e na conservação das nascentes. “O diálogo foi importante para que a Sedam pudesse conhecer a realidade e, desta forma, o Governo de Rondônia possa estar contribuindo por intermédio de projetos e benefícios que a comunidade indígena necessita”, asseverou.

Após a visita a Aldeia Lapetanha, o secretário foi conhecer o projeto agrícola, na Aldeia 9 Surui, que cultiva o café “Tribus” e que vem sendo elogiado pela qualidade do teor. Recebido pelo cacique Luís Mopilabaten, A Sedam pode constatar “in loco” a necessidade de haver um sistema de irrigação na lavoura do café e, com isso, aumentar produção de grãos.

O cacique parabenizou a iniciativa do governador Marcos Rocha em apoiar os povos indígenas, com projetos que venham atender o progresso e o desenvolvimento que estão para serem objetos de futuras parcerias. “Estamos satisfeitos com as propostas que foram apresentadas e vamos contar com esse apoio do Governo para as nossas ações na área ambiental e de produção”, destacou.

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Almi Coelho

Almi Coelho

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens. Nós usamos cookies em nosso site para oferecer a melhor experiência possível.

Para mais informações sobre e-mail
[email protected] whatsapp(69)984065272

Comentários