Ex-Diretor da Ciretran de Guajará vence a covid-19 após passar quase um mês lutando pela vida em hospital de Porto Velho

*Sinopse*: _É uma alegria muito grande. É realmente uma sensação que não tem como explicar. A única coisa que eu falo é que vocês vão estar sempre no meu coração e nas minhas orações e da minha família e de minha esposa Silvia Bentes”. Disse_.

Após passar 23 dias internado no Hospital Samar em Porto Velho, lutando pela vida, o ex-diretor da Ciretran de Guajará-Mirim, Marcelo Bentes, recebeu alta hospitalar e segue em tratamento na casa de sua irmã no município de Candeias do Jamari, no interior do Estado. Dos 23 dias que esteve na Unidade de Saúde, Bentes passou 15 na Unidade de Terapia Intensiva e recebeu alta médica na manhã da última segunda-feira (05).

De acordo com informações apuradas pela reportagem, Bentes recebeu alta médica há três dias, após ter passado 15 dias lutando pela vida na Unidade de Terapia Intensiva do hospital Samar que é referência em Rondônia no tratamento da Covid-19.

Por telefone, na tarde dessa quarta-feira (07), Marcelo conversou com o jornalista e amigo Alessandro Ferreira que era morador de Guarajá-Mirim e atualmente reside no Tocantins, emocionado, Marcelo agradeceu o empenho dos profissionais que se entregaram por sua recuperação. “Eu fui muito amado por vocês, muito mesmo. Eu nem sei o nome de todos que se desdobraram pra me salvar, eu sei disso, pra que eu pudesse estar aqui agora. É uma alegria muito grande. É realmente uma sensação que não tem como explicar. A única coisa que eu falo é que vocês vão estar sempre no meu coração e nas minhas orações e da minha família e de minha esposa Silvia Bentes”. Disse.

Durante todos os dias em que o ex-diretor da Ciretran da Pérola do Mamoré esteve internado lutando pela vida, fie is, amigos e familiares se reuniam na frente do hospital fazendo orações com clamor à Deus pedindo pela recuperação não só de Marcelo, mas de todas as pessoas que estão internadas na Unidade de Saúde acometidas da Covid-19.

Após se recuperar totalmente, Marcelo retornará à Perola do Mamoré onde reside com sua esposa e filhos. “Não vejo a hora de poder voltar para casa e poder dar continuidade nos meus projetos e trabalho, não foi fácil, mas com a ajuda de Deus e dos profissionais que não medem esforços para salvar vidas naquele hospital, hoje estou aqui agradecendo a Deus e a todos, Gratidão”. Concluiu.

*Reportagem*: _Alessandro Ferreira (Jornalista e amigo)_

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Almi Coelho

Almi Coelho

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens. Nós usamos cookies em nosso site para oferecer a melhor experiência possível.

Para mais informações sobre e-mail
[email protected] whatsapp(69)984065272

Comentários