Fim de semana é marcado por aglomerações em praias e bares do Rio

O carioca ignorou as regras de proteção contra a Covid-19 e voltou a lotar praias e bares no fim de semana no Rio. Mais de 600 carros foram rebocados na orla da cidade.

Nas areias, eram poucos os espaços vagos. A maioria dos frequentadores não usava máscaras e nem respeitava as regras de distanciamento.

A Prefeitura do Rio chegou a anunciar que permitiria que veículos parassem na orla e fecharia ruas para o lazer de domingo, mas voltou atrás na quinta (7) e as medidas de dezembro do ano passado, que proíbem o estacionamento e determinam o fechamento das áreas de lazer, seguem valendo.

A Secretaria Municipal de Ordem Pública afirma que removeu 614 veículos das praias da cidade no fim de semana.

Porém, quando o reboque retirava um veículo de uma vaga, pouco tempo depois outro motorista estacionava no mesmo lugar.

No Recreio dos Bandeirantes, na Zona Oeste do Rio, apesar das placas informando sobre a proibição, havia filas de carros estacionados.

Bares cheios

 

Durante a noite, a movimentação começou em alguns bares da Rua Olegário Maciel, na Barra da Tijuca, e na Rua Dias Ferreira, no Leblon, na Zona Sul da cidade.

“As pessoas banalizaram completamente. É verão, então elas estão cansadas e o apelo das praias é muito grande, mas infelizmente não dá mais, a gente não tem como acreditar que vamos conseguir ganhar a consciência das pessoas”, disse Chrystina Barros, especialista em saúde da UFRJ.

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Izabella Coelho

Izabella Coelho

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens. Nós usamos cookies em nosso site para oferecer a melhor experiência possível.

Para mais informações sobre e-mail
[email protected] whatsapp(69)984065272

Comentários