22.3 C
Ariquemes
terça-feira, janeiro 19, 2021
Início Geral Isaú quer as UTIs do HM de Ji-Paraná funcionando de novo

Isaú quer as UTIs do HM de Ji-Paraná funcionando de novo

“Estamos lutando para reabrir esses leitos”, disse Isaú, durante visita ao HM com vereadores e jornalistas.

No primeiro compromisso oficial como prefeito de Ji-Paraná, Isaú Fonseca (MDB) visitou, na manhã desta terça-feira (5), as dependências do Hospital Municipal doutor Claudionor Couto Roriz. O prefeito estava acompanhado do vice-prefeito, vereadores e jornalistas.

A vistoria no HM foi para mostrar as condições em que Isaú Fonseca assumiu a Saúde em Ji-Paraná, em especial, a situação dos leitos de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) para enfrentamento do novo coronavírus (Covid-19), que estão bloqueados desde o último dia 28, pouco mais de 20 dias após a inauguração da unidade.

Os leitos estão bloqueados há cerca de uma semana por falta de medicamentos.

Os leitos estão bloqueados há cerca de uma semana por falta de medicamentos. O espaço contou com apoio do Governo Estadual, que destinou monitores e respiradores. Porém, a falta de insumos fez com que a unidade parasse de receber pacientes. O prefeito de Ji-Paraná, Isaú Fonseca, criticou o modo como os leitos de UTI foram inaugurados pela antiga gestão municipal.

“Todos os técnicos daqui, falaram que isso aconteceria [bloqueio dos leitos]. Mas o grande problema, é que eles [antiga gestão] esperavam que isso iria acontecer quando eu estivesse tomando posse, para que vocês da impressa falassem que eu sou incompetente e não dou conta de tocar uma UTI[…] Puxar uma faixa de uma placa, para dizer que está inaugurando uma UTI, é muito simples. Mas isso é brincar com a vida humana, brincar com a saúde do povo, um ato irresponsável”, criticou Isaú.

O Hospital Municipal de Ji-Paraná conta com dez leitos de UTI, porém apenas cinco estavam funcionando, sendo que só ficaram em atividade no período entre 4 e 28 de dezembro de 2020.

Segundo a ex-titular interina da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), Franciany Chagas Ribeiro Brasil, a ação de bloquear os leitos de UTI foi tomada após decisão entre o corpo técnico responsável pela unidade.

“Não é apenas uma medicação, são várias medicações [que estão em falta]. São medicações que mantém o paciente sedado, como bloqueadores neuromusculares, medicações essenciais para manter o paciente e fazer o tratamento intensivo desse paciente”, explicou Franciany.

A nova responsável pela Semusa, Eliane Pereira Dias Cruz, destacou o potencial da equipe que trabalha no HM, mas, criticou a falta de estrutura e também dos insumos disponíveis na unidade de saúde.

“O nosso grande desafio é tratar bem as pessoas que nos procuram, dando o melhor que a gente tem. Isso é o que eu quero e que todos de Ji-Paraná também querem. Vamos procurar acolher bem as pessoas, como todos nós merecemos”, enfatizou Eliane.

Isaú Fonseca fez questão de destacar a Saúde como prioridade máxima na Nova Ji-Paraná e que vai trabalhar duro para reinaugurar os leitos de UTI, sem que as unidades sejam novamente bloqueadas por falta de medicamentos. O prefeito também ressaltou que não pensa em um novo lockdown no município.

“Estamos lutando, diuturnamente, para que possamos reabrir esses leitos e não fechar mais. Vamos fazer de tudo para que o comércio de nossa cidade não feche. Para isso, vamos fazer um ato preventivo, em toda a cidade. Mas também quero pedir para que a população se cuide, pois o caso está se agravando cada dia mais. Nós estamos em uma união de esforços, com toda a Prefeitura voltada à saúde pública. Determinei que todo secretário se mantenha atendo à saúde, para que possamos devolver e entregar ao povo a tranquilidade”, determinou Isaú.

Mais Populares

PASSANDO PANO: PREFEITURA DE ARIQUEMES TENTA EXPLICAR MULTA A CAMINHÃO DE OXIGÊNIO EM HOSPITAL

De acordo com Nota Oficial divulgada pela prefeitura, os agentes estavam desobstruindo a área de estacionamento do hospital A Prefeitura de Ariquemes saiu em defesa...

Boletim diário sobre coronavírus em Rondônia

O Governo de Rondônia, por meio da Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa) e a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), divulga os...

INTRAFEGÁVEL: Estrada de acesse ao distrito de São Carlos revolta moradores.

Moradores do distrito de São Carlos distante aproximadamente 70km da capital , estão revoltados com as péssimas condições de trafegabilidade da estrada que da...

Rapaz foge após esfaquear idoso de 75 anos nas costas durante discussão em Cacoal

Ocorrência foi registrada na manhã deste segunda-feira(18 de Janeiro ). Segundo a Polícia Militar, vítima foi socorrida na madrugada de domingo e levada para...
Skip to content