23 C
Ariquemes
quinta-feira, junho 17, 2021
Início Justiça Judiciário de Rondônia nega pedido de 13º e terço de férias a...

Judiciário de Rondônia nega pedido de 13º e terço de férias a agente político

A 2ª Câmara Especial do Tribunal de Justiça do Estado de Rondônia, por intermédio de seus julgadores, manteve a sentença do Juízo de 1º grau, que negou, por falta de amparo legal e constitucional, o pedido de cobrança de férias, terço de férias e abono natalino a Kleber Firmino Farias, que exerceu o cargo de vice-prefeito do Município de Novo Horizonte do Oeste, de 2013 a 2016.

Segundo o voto da relatora, juíza convocada Inês Moreira da Costa, Kleber Fermino alegou que, quando exerceu o cargo, não tirou férias e “deixou de receber os valores relativos ao terço constitucional e ao décimo terceiro salário, devidos durante a legislatura”. Esses valores reivindicados somavam mais de 65 mil reais.

O voto narra ainda que a Constituição Federal não contempla, aos agentes políticos, décimo terceiro e terço de férias porque os mesmos “não exercem função de cunho trabalhista, não possuem vínculo empregatício com a administração pública, mas sim atuam em funções políticas, daí porque possuem naturezas diferentes da dos servidores públicos”.

A relatora explicou que “o membro de Poder, o detentor de mandato eletivo, os ministros de Estado e os secretários estaduais e municipais serão remunerados exclusivamente por subsídio fixado em parcela única, vedado o acréscimo de qualquer gratificação, adicional, abono, prêmio, verba de representação ou outra espécie remuneratória, obedecido, em qualquer caso, o disposto no art. 37, X e XI”.

Porém o Supremo Tribunal Federal já decidiu que os agentes políticos “podem também receber terço de férias e décimo terceiro salário, desde que haja, para tanto, expressa previsão em lei municipal”. Segundo a decisão, o apelante não comprovou a existência de lei municipal que o amparasse sobre o direito trabalhista solicitado. A Lei Orgânica de Novo Horizonte do Oeste, seguindo o ordenamento da Constituição Federal, confere o direito sobre décimo terceiro e terço de férias apenas para servidores públicos.

A Apelação n. 7002656-63.2017.8.22.0020, sobre ação de cobrança, foi julgada no dia 11 de maio de 2021, com a participação dos desembargadores Miguel Monico e Roosevelt Queiroz e da juíza convocada Inês Moreira da Costa.

Assessoria de Comunicação Institucional

 

Mais Populares

Edital de convocação para Eleição A ASDEVRON (Associação dos Deficientes Visuais do Estado de Rondônia

Edital de convocação para Eleição A ASDEVRON (Associação dos Deficientes Visuais do Estado de Rondônia CNPJ: 04.548.276/0001-60, sediada no município de Porto Velho (RO), à...

Boletim diário sobre coronavírus em Rondônia

O Governo de Rondônia, por meio da Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa) e a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), divulga balanço...

Produção de silagem gera lucro para agricultores em Ariquemes.

Nesta quarta-feira (16), a Secretaria Municipal de Agricultura, Indústria e Comércio – SEMAIC, realizou visita técnica na propriedade do senhor Élcio Correa, localizada na...

Polícia Federal deflagra Operação para desarticular facção criminosa em Rondônia

A Polícia Federal, em ação conjunta com o Departamento Penitenciário Federal (DEPEN), deflagrou na manhã desta quarta-feira (16/06/2021) a segunda fase da OPERAÇÃO ÔNIX...
Skip to content