22.6 C
Ariquemes
sexta-feira, janeiro 22, 2021
Início Notícias Ministro do STJ nega habeas corpus a dois prefeitos e ex-deputado de...

Ministro do STJ nega habeas corpus a dois prefeitos e ex-deputado de RO presos em esquema de propina

O ministro Joel Ilan Paciornik, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), negou nesta quarta-feira (30) o pedido de liminar do habeas corpus de dois prefeitos e do ex-deputado presos por envolvimento em um suposto esquema de propina.

Os habeas corpus negados são da prefeita Glaucione Rodrigues (de Cacoal), do prefeito Luiz Ademir Schock (de Rolim de Moura), e do ex-deputado Daniel Neri (marido de Glaucione).

Com a decisão do ministro do STJ, Glaucione, Luiz Shock e Daniel Neri seguem presos preventivamente no quartel da PM em Ji-Paraná (RO).

Na terça-feira (29), a defesa dos três políticos havia pedido para o STJ substituir a prisão preventiva dos suspeitos para prisão domiciliar. O G1 tenta contato com a defesa.

A decisão monocrática do ministro cabe recurso e o habeas corpus deve continuar tramitando no STJ até a decisão do colegiado da corte.

Operação Reciclagem

Glaucione, Daniel Neri e Luiz Ademir foram presos na última sexta-feira (25) durante a Operação Reciclagem, da Polícia Federal (PF), para combater um esquema de propina. Além deles, na mesma ação foram presos o prefeito de Ji-Paraná (Marcito Pinto) e a prefeita de São Francisco do Guaporé (Gislaine Clemente, a Lebrinha).

As prefeitas Lebrinha e Glaucione Rodrigues Neri estão dividindo a mesma cela desde o fim de semana, no quartel da Polícia Militar de Ji-Paraná. Já os prefeitos Luiz Ademir Schock, Marcito Pinto e ex-deputado Daniel Neri estão em outra cela.

As prisões dos políticos foram autorizadas pelo Tribunal de Justiça de Rondônia (TJ-RO) devido aos vários indícios de provas contra os políticos denunciados. Alguns dos pagamentos de propina foram filmados por câmeras.

SourceG1 RO

Mais Populares

PROGRAMA BIBI COELHO FALANDO A VERDADE

https://www.facebook.com/alertarondonia/videos/716227432596528

Interior de Rondônia: Adolescente é morto com tiro no olho

Um adolescente de 17 anos foi morto com um tiro no olho, na noite de quinta-feira (21), na rua do Sossego em Monte Negro...

Vítima briga com assaltantes, que acabam presos

João Vitor L.S., 18 anos, Diogo Cristiano S.B., 18 anos e Fernando O.S., 25 anos, foram presos após uma tentativa de assalto a uma...

Semusa apura conduta de servidor que se incluiu em lista e tomou vacina da Covid-19 em RO

A Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) de Porto Velho está apurando a conduta do diretor administrativo de uma unidade de pronto atendimento que incluiu...
Skip to content