23.8 C
Ariquemes
segunda-feira, janeiro 25, 2021
Início Notícias Moisés de Oliveira, irmão do foragido Carlão de Oliveira é preso pela...

Moisés de Oliveira, irmão do foragido Carlão de Oliveira é preso pela Polícia Federal

Condenado há mais de 26 anos de prisão, o ex-diretor-financeiro da Assembleia Legislativa de Rondônia, Moisés de Oliveira, foi preso neste domingo em Brasília, pela Polícia Federal (PF). Moisés era um dos cabeças da organização criminosa descoberta pela PF a partir da Operação Dominó e é tio do deputado Jean Oliveira. Confira nota da PF:

A Polícia Federal de Rondônia, por meio do Setor de Capturas da DIREX/PF e com o apoio do MP/RO, prendeu neste domingo (09/08/2020), na cidade de Brasília/DF, ex diretor financeiro da Assembleia Legislativa de Rondônia.

O mesmo era considerado foragido da justiça e possuía contra si 06 (seis) mandados de prisão em aberto, cujas condenações proferidas pela Justiça Estadual de Rondônia chegam a 26 anos de prisão, foi investigado na Operação Dominó, deflagrada pela Policia Federal em 04/08/2006 e que teve como objetivo desarticular organização criminosa responsável por desviar recursos e fraudar procedimentos licitatórios de órgãos públicos estaduais, dentre eles a Assembleia Legislativa.

Após a prisão, o detido foi encaminhado à Superintendência da Polícia Federal em Brasília/DF, onde aguarda definição da Justiça Estadual de Rondônia para o traslado à unidade prisional onde deverá cumprir sua pena em regime inicialmente fechado.

Mais Populares

Boletim diário sobre coronavírus em Rondônia

O Governo de Rondônia, por meio da Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa) e a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), divulga os...

Deputado Estadual Geraldo da Rondônia emite nota pelo falecimento do jornalista Marcelo Bennesby

É com profundo pesar e tristeza que recebi a notícia do falecimento do Jornalista Marcelo Bennesby, 51 anos, que faleceu na madrugada desta segunda-feira...

Polícia rodoviária federal apreende mais de 4 kg de cloridrato de cocaína Droga ilícita poderia render mais de meio milhão de reais aos infratores_ A Polícia...
Skip to content