27.6 C
Ariquemes
segunda-feira, janeiro 25, 2021
Início Notícias Mulher morre eletrocutada ao atender o telefone celular

Mulher morre eletrocutada ao atender o telefone celular

O corpo da escrivã da Polícia Civil de Mato Grosso, Néria Regina Padilha, de 42 anos, foi encontrado na noite desta quinta-feira (16), dentro de sua casa, em Cuiabá. De acordo com as informações, Néria foi eletrocutada ao atender o telefone celular.

Ela estaria tomando banho quando o telefone, que estava carregando, tocou. A escrivã foi atender e acabou tocando em um fio, que estava desencapado, momento que sofreu a descarga elétrica.

A polícia foi acionada por uma vizinha, que estranhou o fato de não ver a policial e nem conseguir falar com ela.

Na casa, a polícia encontrou Néria caída, com um fio de extensão, onde o celular carregava, todo derretido e encostado na perna dela. De acordo com a polícia, Néria já estaria morta há algum tempo.

Néria estava lotada na Delegacia de Trânsito (Deletran), mas trabalhou por muitos anos na Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO) com o delegado Luciano Inácio, também trabalhou na Delegacia de Homicídios de Proteção à Pessoa (DHPP) e foi da Força Nacional.

Mais Populares

Boletim diário sobre coronavírus em Rondônia

O Governo de Rondônia, por meio da Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa) e a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), divulga os...

Acidente com ônibus deixa 18 mortos e mais de 20 feridos

Um acidente com um ônibus na BR-376, em Guaratuba, no litoral do Paraná, deixou 18 mortos na manhã desta segunda-feira (25), de acordo com...

Rondônia recebe 13 mil doses da vacina de Oxford contra Covid-19

Rondônia recebeu, na manhã deste domingo (24), 13 mil doses da vacina Oxford/AstraZeneca contra Covid-19. As doses chegaram no Aeroporto Internacional Governador Jorge Teixeira por...
Skip to content