Prazo para declaração de rebanhos de Rondônia a Idaron é prorrogado para 18 de junho

24x31 banner gov
blank

Atendendo a necessidade de adoção de medidas de proteção contra a covid-19 e de resguardo da saúde dos servidores, produtores rurais e pecuaristas rondonienses, o Governo de Rondônia prorrogou até dia 18 de junho o prazo para declaração de rebanho ao serviço de fiscalização e vigilância sanitária animal a cargo da Agência de Defesa Sanitária Agrossilvopastoril do Estado (Idaron).

Segundo o presidente da Agência, Júlio Cesar Rocha Peres, o objetivo desta medida orientada pelo governador Marcos Rocha, além de somar ao esforço governamental no combate à disseminação da covid-19, é também uma medida de apoio aos pecuaristas, em face da baixa adesão, para melhorar e facilitar o trabalho de todos no momento de repassar as informações de sua propriedade à Idaron, ampliando e simplificando os canais de comunicação para este fim, com o uso da Tecnologia da Informação (TI).

Dessa forma, conforme explicou, além de poder usar a página da Idaron para encaminhar a declaração, o pecuarista pode também fazer todo este procedimento através dos vários canais de WhatsApp das várias regiões do Estado, com toda comodidade, sem precisar sair de casa e sem correr riscos de contrair o coronavírus.

blank

A Idaron ampliou os canais de comunicação de TI para facilitar a declaração de rebanho até dia 18 de junho

De acordo com as orientações da Idaron, o produtor deve acessar a página da Agência e clicar no banner “declare seu rebanho”, acessar o formulário e o preencher. O mesmo dispositivo direciona o produtor aos telefones celulares de todas as regionais da Agência, e feito isso ele identificará o número de sua unidade regional e enviará sua declaração. Importa destacar que é obrigatório declarar todos os animais da propriedade – bovinos, bubalinos, suínos, caprinos, ovinos, equídeos e aves -, de modo a confirmar a confiabilidade das informações, que podem ser atestadas por fiscalizações.

César disse também que todos os pecuaristas devem fazer sua declaração em atendimento à exigência da lei, sem o que podem ser responsabilizados e tornarem passíveis de sansões legais. Ele lembrou que a ninguém é dado o direito de alegar falta de conhecimento dessas obrigações legais, e mais uma vez esclareceu que a declaração pode ser feita de preferência no site da Agência, nas unidades da Idaron de cada município e até nas casas agropecuárias. O mesmo formulário pode ser baixado no site, preenchido e encaminhado pelo WhatsApp.

O presidente pediu empenho dos pecuaristas do Estado nesta jornada pela declaração do rebanho, voltando a afirmar que “esta medida atende ao pedido do governador Marcos Rocha, que busca minimizar os riscos de exposição do servidor e do pecuarista ao coronavírus. Então, para que não haja correria nem aglomeração de pessoas nas unidades, o governo entendeu por bem estender o prazo para que todos os criadores de animais possam ter tempo de fazer a declaração remotamente, por telefone ou pela internet”, ressaltou.

24x31 banner gov

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Almi Coelho

Almi Coelho

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens. Nós usamos cookies em nosso site para oferecer a melhor experiência possível.

Para mais informações sobre e-mail
[email protected] whatsapp(69)984065272

Comentários

Com muito ❤ por go7.site