Supremo diz não a deputado de Rondônia e Assembleia Legislativa será obrigada a botá-lo pra fora

Propaganda do ar
blank

ministro do Supremo Tribunal Federal Kássio Nunes Marques não reconhece os fatos alegados na reclamação constitucional apresentada pelos advogados de defesa do deputado estadual de Rondônia Edson Martins e, com isso, ele perdeu a última chance para manter-se no cargo de deputado. A decisão foi publicada na tarde de hoje. Edson Martins mantinha-se no cargo por conta de uma decisão proferida pelo Tribunal de Justiça de Rondônia (TJ/RO) que o mantinha no cargo de deputado estadual, até porque o juiz-relator, sem saber da decisão do Ministro na Reclamação, fundamentou a negativa de liminar na necessidade de se aguardar a decisão do Ministro, o que aconteceu no início desta tarde.

Edson Martins é réu condenado em última instância por improbidade administrativa cometida quando prefeito na cidade de Urupá. A condenação final saiu no dia 29/03 de 2021 o que lhe rendeu não apenas a perde de mandato com a inelegibilidade por três anos.

Agora os advogados do suplente de Edson Martins, ex-deputado Saulo Moreira, vão acionar  Tribunal de Justiça de Rondônia para que determine à mesa diretora da ALE a destituição do cargo e a convocação do primeiro suplente Saulo Moreira.

 

Propaganda do ar

Como você avalia a gestão do Governo Marcos Rocha?

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Almi Coelho

Almi Coelho

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens. Nós usamos cookies em nosso site para oferecer a melhor experiência possível.

Para mais informações sobre e-mail
[email protected] whatsapp(69)984065272

Comentários

Com muito ❤ por go7.site