UNESCO disponibiliza livre acesso à sua biblioteca digital

Propaganda do ar

UNESCO disponibiliza livre acesso à sua biblioteca digital


Face à pandemia do coronavírus, que está obrigando milhões de pessoas em todo o mundo a ficar em casa de quarentena, a leitura on-line é uma boa sugestão para enfrentar o período de isolamento social.

Pensando nisso, a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) decidiu disponibilizar o livre acesso à sua biblioteca on-line, onde o público poderá encontrar livros, filmes, documentários, mapas, manuscritos, fotografias, diários, jornais, registos fonográficos, entre muitas outras preciosidades, em sete idiomas.

O acervo da Biblioteca Digital Mundial conta com cerca de 20 mil documentos digitalizados (em todos os formatos) correspondentes ao período entre 8.000 aC. e o ano 2000, de 193 países. Os livros permitem entender a realidade que nos rodeia, conhecer a história, abordar novas culturas ou viajar para outros lugares, mesmo que alguns só existam na ficção.

A idéia de criar uma biblioteca digital foi de James H. Billington, chefe da Biblioteca do Congresso dos Estados Unidos, uma das mais importantes do mundo. Em 2005, a Unesco, com sede em Paris, na França, decidiu apoiar o projeto. 

A busca de documentos pode ser feita por região, por tipo de documento ou por assunto. Cada tema é acompanhado por uma explicação de sua origem ou importância. As pesquisas podem ser feitas por linhas históricas ou por mapas interativos, como as de manuscritos iluminados na Europa.

Entre os tesouros da Biblioteca Digital Mundial estão uma versão digitalizada do que poderia ser a primeira edição impressa de “Don Quixote de La Mancha”, de Miguel de Cervantes, datado do final de 1604 e início de 1605.

Existem também documentos curiosos como uma carta de Cristóvão Colombo após sua primeira viagem ao Atlântico; manuscritos do cientista italiano Galileo Galilei sobre os satélites que giram em torno do planeta Júpiter; e um folheto de propaganda, datado de de 1911-1912, que mostra dois grandes navios que conectaram a Grã-Bretanha à América do Norte: o Olímpico e o Titanic.

As consultas estão abertas através do link: https://www.wdl.org

Propaganda do ar

Como você avalia a gestão do Governo Marcos Rocha?

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
alertarondonia

alertarondonia

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens. Nós usamos cookies em nosso site para oferecer a melhor experiência possível.

Para mais informações sobre e-mail
[email protected] whatsapp(69)984065272

Comentários

Com muito ❤ por go7.site