Pessoas estão sofrendo nos hospitais por incompetência desse governo, diz Edimar Kapiche

Mesmo não sendo atribuição do vereador, pois o cargo que ocupa não alcança o governador, o parlamentar diz que não irá parar de cobrar as autoridades responsáveis pelo setor.

Após muitas reclamações por parte de familiares de pacientes que esperavam há horas por atendimento no Hospital de Urgência e Emergência de Cacoal (Heuro), na noite da última quarta-feira, 14, o vereador Edimar Kapiche Vigilante (PSDB) foi solicitado a comparecer na unidade de saúde. No local, o vereador acompanhou de perto o sofrimento de dezenas de pessoas de Cacoal e de diversos municípios da região. Kapiche aproveitou para criticar mais uma vez o governo do Estado pelo descaso nos serviços prestados no Complexo Regional de Saúde de Cacoal. Ele também lamentou a falta de fiscalização do setor, por deputados estaduais e federais da macrorregião.

Durante uma live direto do hospital Heuro, Edimar Kapiche lembrou que a unidade hospitalar de média e alta complexidade que recebe pacientes de mais de 36 municípios está abandonada pelas autoridades estaduais, responsáveis pela administração do pronto socorro.

“Aqui no Heuro tem a questão do atendimento ambulatorial, a sala vermelha e pessoas aguardando cirurgias. São várias situações em que a população sofre na área de saúde no estado de Rondônia. Nós temos 24 deputados estaduais, 12 aqui nesta macrorregião de 38 municípios e nós vereadores recebemos constantemente reclamações da população de Cacoal e de pessoas de outras cidades”, apontou.

Kapiche frisou ainda que por incompetência dos gestores estaduais muitos serviços públicos oferecidos à população no interior do estado estão sendo encerrados.

“Infelizmente esse governador do Estado é um incompetente, irresponsável e não olha para a saúde, principalmente do interior. Hoje para se fazer um cateterismo é preciso ir até Porto Velho, pois não há mais convênio com uma clínica daqui. Quem quiser fazer uma ressonância também tem que ir à capital. Antes tinha uma empresa terceirizada que fazia em Vilhena e o contrato foi encerrado. Esta semana um ônibus da saúde do município de Buritis sofreu um acidente e várias pessoas perderam suas vidas em deslocamento por atendimento em saúde. Então nós percebemos que a população sofre e as pessoas que têm a responsabilidade de cobrar não cobram. A população tem que dar a resposta às autoridades políticas estaduais”, desabafou.

“Eu quero dizer para a população de Cacoal que a Câmara e os vereadores de 37 municípios no dia 28 de junho realizaram um encontro da frente parlamentar de vereadores cobrando pela saúde nos hospitais Regional e Heuro e não apareceu nenhum deputado estadual nesse evento e nenhum representante do governo. Fizemos o encontro, debatemos a saúde, profissionais falaram das dificuldades e fizemos um relatório dos problemas enfrentados, dentre eles, falta de servidores, equipamentos e gestão, tanto se chegar uma pessoa e precisar ser transportada em situação grave não há ambulância de prontidão no Heuro. Tem que ligar no Regional para conseguir um veículo”, revelou.

Mesmo não sendo atribuição do vereador, pois o cargo que ocupa não alcança o governador, o parlamentar diz que não irá parar de cobrar as autoridades responsáveis pelo setor.

“Isso é o que nós vereadores podemos fazer, mostrar o descaso dos nossos representantes. Eu irei ficar falando desse péssimo governador, desse péssimo secretário estadual de saúde e da falta de representação em nível de estado, tendo em vista que não vemos nenhum deputado cobrando desse governo do Estado”, expressou o vereador.

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Almi Coelho

Almi Coelho

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens. Nós usamos cookies em nosso site para oferecer a melhor experiência possível.

Para mais informações sobre e-mail
[email protected] whatsapp(69)984065272

Comentários