23.7 C
Ariquemes
quarta-feira, abril 21, 2021
Início Brasil PM APURA DESCUIDO E MENTIRA DE POLICIAIS NO FURTO DE VIATURA

PM APURA DESCUIDO E MENTIRA DE POLICIAIS NO FURTO DE VIATURA

O comando da Polícia Militar do Estado de São Paulo abriu inquérito para apurar a conduta dos policiais no furto de uma viatura da PM, segunda-feira (27), em Heliópolis, na capital. De acordo com a PM, a versão dada pelos policiais de que teriam sido rendidos por quatro homens armados com fuzis não é verdadeira. Um único homem furtou a viatura, foi perseguido e morreu num bloqueio da polícia, na Rodovia dos Bandeirantes.

 

As investigações apontam que o homem entrou na viatura, aproveitando-se de um provável descuido dos policiais. De acordo com nota da PM, dois policiais militares estavam cumprindo um ponto de estacionamento próximo da comunidade de Heliópolis, quando “por motivos a esclarecer, não mantiveram o contato visual e a adequada segurança com a viatura”.

Nesse momento, uma pessoa entrou na viatura e partiu com o veículo. “Esses policiais militares tentaram impedir o furto da viatura e efetuaram disparos contra o carro oficial, mas o infrator conseguiu fugir, provocando o início das ações de cerco e acompanhamento, que avançaram pela rodovia dos Bandeirantes, até a praça de pedágio, no km 77.”

Conforme a nota, as ações resultaram num acidente de trânsito com outra viatura policial e na colisão da viatura furtada contra uma carreta, causando a morte do condutor. Ainda segundo a PM, a história narrada pela rede de rádio da corporação fez com que um grande aparato fosse mobilizado para conter a suposta quadrilha.

O comando da PM suspeitou da história depois de ouvir a gravação do sistema de radiocomunicação da viatura, em que o autor do furto dizia que desde pequeno queria ser policial e “realizava um sonho de criança”. Além disso, os outros suspeitos citados não foram vistos em nenhum momento e não haviam armas na viatura.

Os dois policiais foram afastados do policiamento e serão ouvidos no Inquérito Policial Militar. Eles devem responder a processo por falsa comunicação de crime, além de receber punições disciplinares. Com informações do Estadão Conteúdo.

Publicado por Richard Nunes

DRT – 1613/RO

Fonte: Notícias ao Minuto

Mais Populares

Boletim diário sobre coronavírus em Rondônia

O Governo de Rondônia, por meio da Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa) e a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), divulga balanço...

Pai de Gil, do BBB 21, reaparece após 15 anos sem contato: “só quero poder dar um abraço

Depois de 15 anos sem contato com o filho, o pai de Gil, do BBB 21, reapareceu. O ex-porteiro, que também se chama Gilberto,...

No dia da Polícia Civil, Governo de Rondônia ressalta a importante missão e atuação da Segurança Pública

Em meio aos desafios enfrentados no dia a dia, a Polícia Civil de Rondônia (PC) desempenha importante missão em prol da Segurança Pública, aplicando...

Após colisão violenta, motorista de aplicativo morre na BR-364

Um grave acidente foi registrado na manhã deste quarta-feira (21), próximo a Rical, perímetro urbano de Vilhena. Uma mulher que conduzia um Hyundai HB...
Skip to content