39.5 C
Ariquemes
terça-feira, agosto 11, 2020
Publicidade
Início Notícias Policial boliviano é preso tentando atravessar ilegalmente mercadoria de R$ 40 mil...

Policial boliviano é preso tentando atravessar ilegalmente mercadoria de R$ 40 mil em Guajará-Mirim, RO

Dois homens de origem boliviana foram presos na tarde desta quinta-feira (02), em Guajará-Mirim (RO), quando tentavam atravessar ilegalmente 5 motosserras e diversos tipos de peças, para a Bolívia. As peças foram avaliadas em mais de R$ 40 mil.

Segundo a Polícia Federal (PF), um dos homens era policial e teria contratado o barqueiro por 200 bolivianos para atravessar a mercadoria. Eles foram flagrados por agentes, por volta das 16h, na beira do rio, atrás do cemitério Santa Cruz.

Entre as mercadorias apreendidas estavam cinco motosserras, um pulverizador, além de peças de reposição de motosserras. O barco e o motor também foram apreendidos, e foram levados à Receita Federal. O policial apresentou notas fiscais das mercadorias de apenas R$ 37 mil.

Após prestarem depoimento na Delegacia da Polícia Federal, os homens foram deportados para a Bolívia.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais Populares

Onça-preta rara é flagrada tomando banho em rio de Rondônia

Uma onça-preta foi flagrada tomando banho no encontro dos rios Candeias e Jamari, zona rural da região de Porto Velho, durante o último fim...

Após desconfiar de pedido, entregador de aplicativo pede reforço da PM e escapa de assalto em RO

Um jovem de 23 anos, que trabalha como entregador de aplicativo, escapou de um assalto após desconfiar de um pedido com características semelhantes as...

Policial penal é executado a tiros em posto de combustível

O policial penal identificado como André Borges Mendes, de 36 anos, foi executado a tiros na noite do último domingo (9), no pátio de...

Boletim diário sobre coronavírus em Rondônia

O Governo de Rondônia, por meio da Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa) e a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), divulga os...
Feito por
⚙️ Skip to content