22.3 C
Ariquemes
segunda-feira, abril 12, 2021
Início Geral Remédios genéricos são realmente eficientes? Entenda aqui

Remédios genéricos são realmente eficientes? Entenda aqui

Conheça os principais mitos que envolvem estes produtos farmacêuticos

 

Na hora de os médicos receitarem um medicamento, eles dão o nome de referência. Porém, ao chegar à farmácia, os consumidores se deparam com produtos genéricos e similares. Será possível fazer a troca, caso isso gere economia?

 

Sim, existe essa possibilidade. Até porque, os remédios genéricos são tão eficientes quanto os outros. Além do mais, eles também foram submetidos aos testes da Anvisa. Entenda melhor as particularidades de cada medicamento!

 

Qual é a diferença entre os medicamentos?

O medicamento de referência é aquele que o médico recomenda na consulta. Ele foi o primeiro a ser criado e registrado, após os testes de eficácia e segurança. Esses produtos só podem ser comercializados pelo laboratório que os fabricou, até que a patente expire — o que pode levar até 20 anos¹.

 

Após esse prazo, pela regulamentação atual, outras empresas podem comercializar os medicamentos, sejam genéricos ou similares. O primeiro tem o mesmo princípio ativo do produto de referência, mas não leva o nome da marca na embalagem. Já o similar tem marca. 

 

Muitas vezes, os próprios farmacêuticos indicam aos pacientes quais outras opções, além do remédio de referência, eles podem tomar. Isso não é feito com base em opinião, mas de acordo com os testes que os medicamentos passam. Tanto genéricos quanto similares precisam atestar que são bioequivalentes e intercambiáveis.

 

Vale notar que essas características são com relação ao produto de referência. Ou seja, é possível trocar um remédio de referência por um genérico ou similar. No entanto, não é possível mudar um genérico por um similar, pois pode prejudicar o tratamento, segundo estudo publicado pela Universidade de São Paulo².

Imagem: https://pixabay.com/pt/photos/close-up-drogas-m%C3%A9dica-medicina-1853400/ 

 

Como escolher e economizar?

Partindo do pressuposto que todos os medicamentos passaram por testes, os consumidores não precisam se sentir inseguros apenas por escolher a opção genérica. Muitas vezes, a economia compensa bastante, ainda mais para quem precisa tomar remédios com frequência. 

 

O Fosamax é um exemplo. Uma caixa com quatro comprimidos pode custar mais de R$ 100. Já a versão genérica, vendida com o nome do composto alendronato,  sai por R$ 45,94. Sem contar que existem ainda promoções especiais que abaixam mais o valor. No Carrefour³ , uma caixa sai por 19,90 e na compra de mais de três é possível obter um desconto ainda maior

 

Outras redes, como a Drogaria São Paulo e a Panvel, também costumam fazer ofertas especiais de medicamentos genéricos. Isso ocorre, pois, como já foi dito, o custo desses produtos é muito menor, porque a patente não existe mais. 

 

Para quem deseja economizar, é importante ficar de olho nessas promoções eventuais. É possível gastar menos:

 

  • pesquisando: assim como outros produtos, os medicamentos não possuem valores tabelados4 — assunto que até voltou à tona por conta da pandemia do novo coronavírus. Ou seja, cada estabelecimento pode cobrar o quanto quiser. Então, é interessante dedicar um tempo para comparar os preços entre duas ou mais farmácias;
  • fazendo um cartão de fidelidade: muitas farmácias dão descontos para clientes cadastrados;
  • apresentação de convênio: pacientes que têm plano de saúde podem conseguir descontos apenas por apresentar o cartão;
  • em programas do governo: nas unidades básicas de saúde é possível obter alguns medicamentos gratuitamente, enquanto em farmácias populares há produtos com descontos significativos; 
  • comprando mais: para quem usa determinado remédio com frequência, é preferível adquirir mais de uma caixa na mesma compra, pois pode significar economia. 

 

Fontes: 

 

1 – Artigo sobre medicamentos de referência, genéricos e similares: https://www.ufrgs.br/farmacologica/2019/06/21/qual-a-diferenca-entre-medicamentos-de-referencia-generico-e-similar/ 

 

2- Estudo publicado pela Universidade de São Paulo:
https://paineira.usp.br/aun/index.php/2017/05/09/pode-trocar-um-generico-por-outro/

 

3 – Promoções do Carrefour: https://www.kimbino.com.br/carrefour/ 

 

4- Agência Câmara de Notícias informa o  tabelamento de preços e a requisição de estoques de medicamentos:   

https://www.camara.leg.br/noticias/665683-comissao-do-coronavirus-debate-tabelamento-de-precos-e-requisicao-de-medicamentos/

Mais Populares

Homem tenta matar esposa com uma tijolada

Um homem foi preso em Torixoréu (570 km de Cuiabá) após tentar matar a esposa a golpeando com um pedaço de tijolo na noite...

Idosa é esmagada e ainda fica presa embaixo da roda do ônibus

Imagens enviadas ao Portal CM7 nesta sexta-feira (09), mostram uma idosa que acabou morrendo após ser atropela por um ônibus de transporte público. Nas imagens...

Boletim diário sobre coronavírus em Rondônia

O Governo de Rondônia, por meio da Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa) e a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), divulga balanço...

ACIDENTE NA BR – 364 ENTRE MOTO E CARRETA PRÓXIMO A ARIQUEMES TIRA A VIDA DE MÉDICO VETERINÁRIO

Mais um grave acidente foi registrado na BR – 364 próximo ao município de Ariquemes com vítima fatal, envolvendo uma moto e uma carreta. Segundo...
Skip to content