Sargento do Exercito é preso por agredir travestir que se recusou a fazer programa sexual com ele e amigo

Uma Funcionária do motel ouviu gritos e acionou a Polícia Militar, que mandou equipe ao local e prendeu o sargento em flagrante pelo crime de Lesão Corporal. A ocorrência foi registrada na Central de Flagrantes, onde as partes foram apresentadas ao delegado de plantão e ficaram a disposição da Justiça.

O caso foi registrado na madrugada desta quinta-feira (3), em um motel localizado no bairro Lagoa, região Centro Sul de Porto Velho, onde um sargento do Exército brasileiro foi preso em flagrante, acusado de agredir um travestir de programa com um copo quebrado.

De acordo com o registro de ocorrência, o acusado contratou o serviço da vítima, programa sexual e no motel tentou envolver um amigo, obrigar o travestir a transar em conjunto. A vítima recusou a proposta e ambos deram inicio a uma calorosa discussão. O militar tomado pela fúria agrediu a vítima com um copo quebrado no braço, e só não continuou as agressões, porque seu amigo o segurou.

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Izabella Coelho

Izabella Coelho

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens. Nós usamos cookies em nosso site para oferecer a melhor experiência possível.

Para mais informações sobre e-mail
[email protected] whatsapp(69)984065272

Comentários