Sete pessoas ligadas a facção criminosa são denunciadas por tentativa de homicídio em RO

Denúncia foi realizada pelo Ministério Público Federal. Investigados teriam tentado matar um agente penitenciário federal em Porto Velho.

Sete integrantes de uma facção foram denunciados pelo Ministério Público Federal (MPF) em Rondônia por tentativa de homicídio. De acordo com o órgão, essas pessoas tinham a missão de assassinar quatro agentes penitenciários federais em Porto Velho.

Segundo informou o MPF nesta sexta-feira (21), seis dos investigados foram presos em uma operação realizada em abril deste ano e um está foragido. Outras três pessoas envolvidas no crime haviam sido presas em flagrante ainda em 2020.

O grupo foi denunciado pelos crimes de tentativa de homicídio qualificado, por motivo torpe, mediante emboscada e contra agente do sistema prisional e organização criminosa. O caso será julgado pela Justiça Federal em Porto Velho.

O caso

Em junho do ano passado, três pessoas foram presas após tentarem matar um rapaz que acreditavam ser um policial penal. Elas disseram que faziam parte do PCC e que haviam recebido a missão de matar pelo menos um entre quatro agentes penitenciários que estavam em uma lista.

Para atrair a vítima, os suspeitos criaram um perfil em uma rede social onde se passavam por uma mulher e mantinham contato com o rapaz. Um encontro foi marcado em frente a uma casa, onde pretendiam cometer o homicídio.

Os integrantes da organização criminosa chegaram atirar contra a vítima, que aguardava em uma moto no local marcado, mas não acertaram. Após a prisão, foi descoberto que o rapaz não era um agente penitenciário federal.

Após investigações, outros envolvidos no crime foram identificados e seis foram presos preventivamente na Operação Ônix.

FONTE: G1 (RO)

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Elaine

Elaine

Comentários

Com muito ❤ por go7.site
Skip to content