SECRETÁRIO CONFIRMA 07 CASOS DA VARIANTE DELTA DO CORONAVÍRUS EM RONDÔNIA, VEJA OS MUNICÍPIOS

O secretário de saúde do Estado de Rondônia Fernando Máximo confirmou na manhã desta segunda-feira, 6, a existência de 7 casos positivos da variante delta da Covid-19, em seis municípios de Rondônia. Essa cepa tem grande poder de contaminação.
Em um vídeo divulgado nas redes sociais, o secretário aproveitou para alertar a população referente à importância da vacinação contra o Coronavírus. “Quem ainda não tomou a segunda tose, procure um ponto de vacinação para completar a dose e consequentemente garantir a imunidade contra essa variante”, disse Fernando Máximo, não foi informado o nome dos municípios onde houve a confirmação da nova variante.

Os municípios onde os casos da variante Delta foram detectados são: um em Cacoal, um em Ouro Preto do Oeste, dois em Jaru, um em Ariquemes, um em Porto Velho e um em Guajará Mirim.

Saiba quais os sintomas mais comuns da delta

Pessoas infectadas com a delta não apresentam tanta tosse, falta de ar ou perda de paladar e olfato, como é mais comum com a cepa original do coronavírus. Os sintomas mais comuns da delta são:

dores de cabeça
dor de garganta
coriza (nariz escorrendo)
febre
Esse quadro pode ser confundido facilmente com um resfriado comum, o que acaba levando muitas pessoas a não procurar atendimento e à possibilidade de contaminar outras sem saber que estão com covid. É importante fazer os testes de detecção para estabelecer o diagnóstico correto.

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Almi Coelho

Almi Coelho

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens. Nós usamos cookies em nosso site para oferecer a melhor experiência possível.

Para mais informações sobre e-mail
[email protected] whatsapp(69)984065272

Comentários

[banner group='acima-de-politica']