Justiça do Trabalho fortalece a segurança pública e educação para o combate ao trabalho infantil com destinação de indenização

Propaganda do ar

Um acordo construído pela Justiça do Trabalho, em parceria com o Ministério Público do Trabalho (MPT), destinará quase R$ 4 milhões para o fortalecimento da segurança pública do estado de Rondônia, além de projetos de incentivo à educação empreendedora, estímulo à aprendizagem e combate ao trabalho infantil.

A homologação foi feita pelo Juízo Auxiliar de Precatório do Tribunal Regional do Trabalho da 14ª Região (TRT-RO/AC), em audiência realizada nesta quinta-feira (05), na sede do Regional, sob a presidência do juiz titular, Dorotheo Neto, e a participação da procuradora-chefe do MPT, Camilla Holanda, do vice procurador-chefe, Carlos Alberto, e da juíza Auxiliar de Execução e membro da Comissão Regional de Combate ao Trabalho Infantil e Estímulo à Aprendizagem, Soneane Raquel.

O valor executado de R$ 3.947.953,98 é oriundo de uma ação civil pública ingressada pelo MPT em 1998 contra a Empresa de Desenvolvimento Urbano do Município de Porto Velho (Emdur), por irregularidades trabalhistas praticadas na época, o que gerou o dano moral coletivo. Representada pelo seu presidente, Thiago Tezzari, e a procuradora Jurídica, Maria Letice Freitas, a empresa informou que antecipou o calendário de pagamento e que deverá fazer o depósito bancário no prazo máximo de 10 dias úteis.

Segurança pública

Do valor total, cerca de R$ 1,2 milhão atenderá projeto de reaparelhamento do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) da Polícia Militar do Estado de Rondônia para a compra de equipamentos de proteção individual, tático e de inteligência. 

Segundo o comandante do Bope que também participou da audiência, Major Ewerson Pontes, a aquisição dos equipamentos possibilitará à polícia atuar de forma antecipada e preventiva aos crimes, inclusive em tentativas de roubos a bancos. “Cordas, equipamentos de assalto tático para adentramento em áreas confinantes, resgate de reféns, entre outros estão entre os itens a serem adquiridos, os quais são importados e utilizados internacionalmente por grandes forças policiais e principais tropas de exército. É um aparato indispensável para o Bope que atua em todo o estado em ocorrências de alta complexidade”, destacou.

O 5º Batalhão de Polícia Militar, representado na audiência pelo seu comandante, Major Renato Suffi, também será beneficiado com o valor de R$ 230 mil para a construção do muro em alvenaria e de guarita na nova sede do 5º BPM. “Somos o maior batalhão do estado que este ano completa 27 anos de existência. Ele cobre uma área que abrange a zona leste de Porto Velho/RO até Itapuã D’Oeste, onde habitam 230 mil pessoas. 40% do efetivo da PM de Rondônia já passou por ele. Sem dúvida, esse investimento é um avanço na manutenção desse trabalho de proteção da sociedade”, ressaltou.

Na ocasião, o MPT apresentou projetos do Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Rondônia para serem contemplados, no que se refere à reforma e manutenção predial das novas instalações da Coordenadoria de Atividades Técnicas e da 1ª Diretoria de Atividades Técnicas (R$ 450 mil), aquisição de camisetas, troféus e medalhas para a XX Corrida do Fogo (R$ 36 mil), realização do Seminário de Segurança Contra Incêndio e Emergências (R$ 61,6 mil) e do VII Cross Thriathlon (R$ 24,7 mil). 

“Com exceção da reforma e manutenção predial, os demais projetos também possuem a finalidade de conscientizar e levar à sociedade temas como o trabalho infantil, saúde e segurança no meio ambiente do trabalho”, registrou o magistrado na Ata de Audiência.

Educação, combate ao trabalho infantil e estímulo à aprendizagem

Pouco mais de R$ 1,8 milhão beneficiará projeto apresentado pelo MPT, a ser executado em parceria com o Sebrae/RO, para a implementação dos Programas Jovens Empreendedores Primeiros Passos (JEPP) como parte do Programa Nacional de Educação Empreendedora, em conjunto com o Projeto MPT na Escola e com a participação da Comissão Regional de Combate ao Trabalho Infantil e Estímulo à Aprendizagem do TRT-RO/AC.

A iniciativa alcançará cerca de 60 mil crianças e adolescentes, bem como mais de mil professores.

“A aplicação desses recursos, em parceria com o MPT, é uma reparação à própria população, quem sofreu o dano moral coletivo”, evidenciou Dorotheo.

O MPT analisará as cotações apresentadas e manifestará nos autos sobre a procedimentalização e fiscalização de cada projeto, bem como o termo de compromisso de cada entidade, passando após para a análise final do Juízo Auxiliar da Presidência e Precatórios.

Também participaram da audiência o major da PM, Paulo Henrique, da Secretaria de Estado de Segurança, Defesa e Cidadania, e o cabo e negociador do Bope/PM-RO, Márcio Nascimento.

(Processo n. 0090353-13.2019.5.14.0000)

Propaganda do ar

Como você avalia a gestão do Governo Marcos Rocha?

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
airton

airton

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens. Nós usamos cookies em nosso site para oferecer a melhor experiência possível.

Para mais informações sobre e-mail
[email protected] whatsapp(69)984065272

Comentários

Com muito ❤ por go7.site