ÁUDIO: MULHER CAI NO GOLPE DO FALSO SEQUESTRO EM ARIQUEMES

24x31 banner gov

Uma mulher de 38 anos procurou a Delegacia de Polícia de Ariquemes, na manhã do último sábado (25), após ter caído no golpe do falso sequestro.

Segundo boletim de ocorrência policial, ela teria recebido uma ligação de número privado onde um indivíduo dizia ter sequestrado seu filho de 12 anos. O falso sequestrador sabia todos os dados pessoas da vítima, como nome completo dos familiares, local de trabalho, também disse que sabia que a mesma tinha uma motoneta Biz de cor Preta.

Após a tortura psicológica, exigiu R$500,00 reais de crédito no celular que ele havia informado o número, e pediu para que a mulher não desligasse o celular, pois caso não fizesse o que estava mandando iria matar seu filho. Depois de ter colocado o crédito, o indivíduo mandou a vítima rasgar o comprovante próximo do aparelho celular para que ele ouvisse o barulho do papel rasgando. O falso sequestrador pediu que a vítima fizesse um depósito por transferência no valor de R$1.000,00 reais, na agência da Caixa Econômica, na conta e agência que ele havia lhe informado, a mesma fez o depósito sem desligar o celular. O infrator então pediu para que a mulher vendesse sua motoneta e depositasse o dinheiro para ele, então a vítima falou que não iria vender, se ele quisesse libertar seu filho ela iria no lugar dele. Então o bandido disse que já tinha liberado o filho da vítima, que estava tudo certo e desligou o celular.

Foi registrado um boletim de ocorrência, e a vítima orientada quanto as medidas. A Polícia Civil deve dar continuidade nas investigações, para tentar identificar o proprietário da conta em que o dinheiro foi depositado.

Da redação do Alerta Rondônia,
Izabella Coelho – DRT 1587/RO

blank

24x31 banner gov

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
airton

airton

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens. Nós usamos cookies em nosso site para oferecer a melhor experiência possível.

Para mais informações sobre e-mail
[email protected] whatsapp(69)984065272

Comentários

Com muito ❤ por go7.site