quarta-feira, fevereiro 21, 2024
arigurte
24 C
Porto Velho
quarta-feira 21, fevereiro, 2024
- Publicidade -
gov Jogos intermunicipal de ro

Dezenas de palestinos foram mortos ou feridos hoje em Gaza

Mais lidos

Pelo menos 14 pessoas morreram e outras ficaram feridas num ataque à casa de uma família palestina que também acolhia deslocados internos na cidade de Khan Yunis, no sul do enclave, onde Israel intensificou as suas operações nas últimas semanas

ezenas de palestinos foram mortos ou feridos em ataques de Israel na madrugada de hoje na Faixa de Gaza, quando o conflito com o Hamas entra no seu 90.º dia, divulgou a imprensa local.

Segundo a agência oficial de notícias palestina Wafa, “dezenas de cidadãos, incluindo crianças e mulheres, morreram” devido aos ataques israelenses que continuam intensos “por terra, mar e ar”.

Pelo menos 14 pessoas morreram e outras ficaram feridas num ataque à casa de uma família palestina que também acolhia deslocados internos na cidade de Khan Yunis, no sul do enclave, onde Israel intensificou as suas operações nas últimas semanas.

Os caças israelenses também “bombardearam zonas agrícolas” no oeste de Khan Yunis, matando seis pessoas.

As forças israelenses atacaram também a sede do serviço médico de emergência do Crescente Vermelho palestino em Khan Yunis, causando uma morte e vários feridos. Um ataque semelhante neste local dias atrás já tinha resultado na morte de cinco pessoas.

Os ataques também continuam no centro de Gaza – em pontos como o campo de refugiados de Al-Maghazi ou a cidade de Al-Masdar -, provocando a morte de dezenas de pessoas e muitos feridos, segundo a agência de notícias palestina.

Há “ainda pessoas desaparecidas sob os escombros”, sublinhou a Wafa.

O número de mortos nos ataques israelenses a Gaza desde o início da guerra, há quase três meses, ultrapassa os 22.300, incluindo 9.600 crianças e pelo menos 6.750 mulheres, estimando-se que existam cerca de 7.000 pessoas desaparecidas, provavelmente mortas sob os escombros dos edifícios da Faixa de Gaza.

A ofensiva militar israelense deixou um cenário de devastação quase total em Gaza, afetada por uma grave crise humanitária devido à escassez de alimentos, água potável, produtos básicos e combustível devido à limitação israelense à entrada de ajuda humanitária como medida de pressão sobre o Hamas.

- Publicidade -
INFRAESTUTURA GOV RO 01 06.02.2024
- Publicidade -
arigurte
Loja da tucano

Você pode gostar também!

Feito com muito 💜 por go7.com.br
Pular para o conteúdo