sábado, abril 20, 2024
26 C
Porto Velho
sábado 20, abril, 2024
- Publicidade -
CAMPANHA TRANSPARÊNCIA- PNA 13.04.2024 BANNER 970X250

Justiça espanhola analisa se Dani Alves poderá deixar a prisão

Mais lidos

A reunião no Tribunal de Barcelona está marcada para a próxima terça-feira (19), às 9h, horário local (5h de Brasília)

OTribunal de Barcelona determinou uma sentença de quatro anos e seis meses de prisão para Daniel Alves, após ser considerado culpado em um caso de estupro. No entanto, será realizada uma audiência para decidir se o ex-jogador pode ser libertado enquanto espera a confirmação da punição.

A reunião no Tribunal de Barcelona está marcada para a próxima terça-feira (19), às 9h, horário local (5h de Brasília), conforme informações de fontes jurídicas da agência ‘EFE’. Alves foi condenado por estupro de uma jovem no banheiro da discoteca Sutton, em Barcelona, em 30 de dezembro de 2022.

Como parte da sanção, o Tribunal de Barcelona determinou que Alves cumpra cinco anos de liberdade condicional após sua libertação, além do pagamento de 150 mil euros como indenização. Ele também está proibido de entrar em contato ou se aproximar da vítima por nove anos e meio.

Além de solicitar a liberdade provisória para Alves, sua advogada, Inés Guardiola, apresentou um recurso contestando a condenação. A defesa argumenta que a condição financeira do ex-jogador não foi considerada adequadamente como uma circunstância atenuante.

Por outro lado, o Ministério Público espanhol recorreu, solicitando a exclusão da circunstância atenuante referente à reparação do dano. A instituição alega que Alves não fez nenhum esforço reparatório e pede um aumento na pena do ex-jogador, argumentando que a quantia para a indenização é compatível com sua condição financeira.

- Publicidade -
CAMPANHA TRANSPARÊNCIA- PNA 13.04.2024 BANNER 970X250
- Publicidade -
CAMPANHA TRANSPARÊNCIA- PNA 13.04.2024 BANNER 300X250

Você pode gostar também!

Feito com muito 💜 por go7.com.br
Pular para o conteúdo