𝐁𝐚𝐫𝐫𝐨𝐬𝐨, 𝐦𝐢𝐧𝐢𝐬𝐭𝐫𝐨 𝐝𝐨 𝐒𝐓𝐅, 𝐚𝐭𝐫𝐨𝐩𝐞𝐥𝐚 𝐨 𝐏𝐫𝐞𝐬𝐢𝐝𝐞𝐧𝐭𝐞 𝐁𝐨𝐥𝐬𝐨𝐧𝐚𝐫𝐨 𝐞𝐦 𝐝𝐞𝐜𝐢𝐬ã𝐨 𝐬𝐨𝐛𝐫𝐞 𝐨 𝐏𝐚𝐬𝐬𝐚𝐩𝐨𝐫𝐭𝐞 𝐕𝐚𝐜𝐢𝐧𝐚𝐥

Propaganda do ar

Numa simples canetada, o ministro do STF Luís Roberto Barroso às 14h deste sábado, 11 de dezembro de 2021, decidiu e determinou que todo cidadão brasileiro que retornar do exterior ou estrangeiro em visita, turismo ou a trabalho em solo brasileiro deverá apresentar o Passaporte Sanitário ou Vacinal para entrar no país, ou seja, na sua Pátria se for brasileiro.

Barroso preferiu não aguardar o plenário do STF para tomar tal decisão que afetará a rotina do país, mais uma vez (aeroportos, portos e alfândega).
Com a decisão do ministro do STF, o Presidente da República mais uma vez perde sua função constitucional para a qual lhe foi delegado pelo voto dos brasileiros. Com esta mais nova decisão do ministro Barroso, o Brasil se torna novamente o único país do planeta Terra (a)onde uma decisão que seria em tese prerrogativa do Sr. Presidente da República eleito democraticamente para tomar tais decisões fica atropelada pela decisão de um ministro do STF, que sequer passou pelo crivo das urnas. A decisão é monocrática e Jair Bolsonaro foi notificado pela assessoria do gabinete do ministro Barroso via AGU em Brasília em caráter de urgência para o cumprimento dos órgãos federais de fiscalização e controle.
Barroso mais uma vez peita o Presidente!

Fonte:Jornalista Victoria Bacon

Propaganda do ar

Como você avalia a gestão do Governo Marcos Rocha?

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Almi Coelho

Almi Coelho

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens. Nós usamos cookies em nosso site para oferecer a melhor experiência possível.

Para mais informações sobre e-mail
[email protected] whatsapp(69)984065272

Comentários

Com muito ❤ por go7.site