Em Ariquemes, PRF combate ao crime em suas diversas facetas

24x31 banner gov
blank

Ocorrências deram-se ao longo da BR 364

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Rondônia, na cidade de Ariquemes, nesta sexta-feira (24) atendeu uma série de ocorrências ao longo do dia, ao longo da BR 364.

A primeira deu-se no começo da manhã, próximo ao km 519. Em Operação Conjunta com a SEFIN (Secretaria de Finanças do Estado de Rondônia), um motorista que dirigia seu caminhão VW/24.280, foi abordado transportando massa corrida PVA (mercadoria nacional). Contudo, na fiscalização, constatou-se que o documento fiscal não continha a totalidade correta dos itens transportados. Diante dos fatos, foi confeccionado o Termo de Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e posterior encaminhamento ao JECrim da Comarca de Ariquemes. O veículo e a mercadoria foram liberados pelas Autoridades Fiscais assim que realizado o cumprimento da obrigação tributária (pagamento da multa e recolhimento dos tributos devidos).

A segunda ocorrência foi no final da manhã, próximo ao km 522. Compondo o Comando de Enfrentamento às Irregularidades Fiscais e aos Crimes Contra a Ordem Tributária, uma equipe de policiais identificou um caminhão Mercedes Benz 1620, transportando uma carga de tijolos sem nota fiscal. Durante a fiscalização, o motorista informou não estar em posse do documento fiscal, mas que a empresa dona da carga poderia enviar via WhatsApp. A equipe policial então esperou a apresentação de tal documento. Contudo, para surpresa e espanto de todos, o documento enviado foi emitido 20 minutos após o horário da abordagem, caracterizando irregularidade fiscal. Diante dos fatos, foi confeccionado TCO e encaminhamento ao JECrim da Comarca de Ariquemes, sendo o veículo e mercadoria liberados pelas Autoridades Fiscais após o cumprimento da obrigação tributária (pagamento da multa e recolhimento dos tributos devidos).

Já a terceira ocorrência foi registrada no final da tarde, próximo ao km 519. Dessa vez a equipe policial deparou-se com um motorista de caminhão, dirigindo seu VW/24.220 com seu Direito de Dirigir Suspensos, por força de Decisão Administrativa do Detran de Santa Catarina. Ao realizarem as consultas, a equipe policial descobriu que o mesmo motorista havia violado tal suspensão no começo do mês no Estado do Rio de Janeiro. Diante dos fatos, foi confeccionado TCO e encaminhamento ao JECrim da Comarca de Jaru. O veículo foi entregue a outro motorista com situação regular às Leis de Trânsito, assumindo a responsabilidade pela direção do veículo.

E durante a noite, próximo às 21h00, a PRF, próxima ao km 519, realizando comando de fiscalização de trânsito, deparou-se com um motorista de caminhão, trazendo em seu VOLVO/FH 440, atrelada aos semirreboques, 25,7 m³ de madeira, com divergência na origem da embarcação e na volumetria. Diante da situação, o condutor foi encaminhado à UNISP da Polícia Civil para análise da Autoridade Policial.

blank blank blank

 

24x31 banner gov

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Almi Coelho

Almi Coelho

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens. Nós usamos cookies em nosso site para oferecer a melhor experiência possível.

Para mais informações sobre e-mail
[email protected] whatsapp(69)984065272

Comentários

Com muito ❤ por go7.site