Motorista de aplicativo aceita corrida para o Orgulho do Madeira e é obrigado a participar de assalto

Propaganda do ar

Um motorista de aplicativo foi alvo de três criminosos na noite de terça-feira (3), após aceitar uma corrida que iniciou no condomínio Orgulho do Madeira, localizado na Zona Leste de Porto Velho. Ele foi obrigado a participar de um assalto e depois o liberaram.

O trabalhador relatou aos policiais que foi solicitado para fazer uma corrida que iniciou no Orgulho do Madeira e terminaria no Bairro Marcos Freire, ainda na Zona Leste.

No meio do trajeto, os três bandidos mostraram as armas e obrigaram o motorista a dirigir para onde eles mandassem, afirmando que iriam realizar roubos pela cidade e depois o liberariam.

Com o motorista rendido, os bandidos realizaram um roubo de celular e dinheiro na Rua Mostardeiro, Bairro Mariana, ainda na Zona Leste.

Após ser abandonado pelos criminosos, o trabalhador conseguiu avisar um colega e a Polícia Militar foi acionada, realizou patrulhamentos pela região, mas não localizou o trio.

Durante o momento em que a Polícia Militar esteve no condomínio para tentar localizar os bandidos, vários motoristas de aplicativo fizeram uma manifestação no local para pedir que os criminosos parassem de roubar os trabalhadores que aceitam corridas para aquela região.

Propaganda do ar

Como você avalia a gestão do Governo Marcos Rocha?

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Izabella Coelho

Izabella Coelho

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens. Nós usamos cookies em nosso site para oferecer a melhor experiência possível.

Para mais informações sobre e-mail
[email protected] whatsapp(69)984065272

Comentários

Com muito ❤ por go7.site