Polícia identifica vítimas assassinadas em roubo a residência e prende trio

Propaganda do ar

Os bandidos que mataram padrasto e enteado e deixaram uma mulher baleada de raspão no braço durante roubo a residência na noite de terça-feira (10) foram identificados como Luan Felipe M. O., 23, Igor S. C., 24, e um adolescente de 16 anos.

O crime aconteceu na Rua Fernando Conde, bairro Três Marias, zona Leste da capital de Rondônia. As vítimas do roubo seguido de morte (latrocínio) foram identificadas como Uellisson Sonan Dias, 44, e Jhosep Victor Pinheiro Flores, 18. Uma mulher de 34 anos, Kassia M. P., foi baleada de raspão no braço.

De acordo com informações do boletim de ocorrência, os três bandidos portando um revólver invadiram a casa pulando o muro e renderam Kassia que estava na varanda. Eles anunciaram o roubou e passaram a agredi-la com socos e coronhadas.

Nisso, Jhosep e Uellisson que estavam dentro de casa viram as agressões e se armaram com facas na cozinha. Os dois foram para cima dos bandidos e entraram em luta corporal. Apesar de conseguiram esfaquear os bandidos Igor e Luan, sendo que o primeiro ainda foi baleado, as vítimas acabaram sendo alvejadas a tiros e morreram no hospital João Paulo II.

O adolescente estava dando apoio do lado de fora da casa e logo fugiu. Igor e Luan também saíram correndo e mais na frente renderam um homem de 27 anos. Eles roubaram um carro modelo Gol de cor branca e foram até a casa de Igor, que fica no mesmo bairro.

Equipes da Polícia Militar foram chamadas, fizeram o cerco e o trio foi preso. Igor e Luan feridos foram socorridos ao hospital João Paulo II para receberem atendimento médico. Depois todos foram apresentados na Central de Flagrantes.

Propaganda do ar

Como você avalia a gestão do Governo Marcos Rocha?

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
alertarondonia

alertarondonia

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens. Nós usamos cookies em nosso site para oferecer a melhor experiência possível.

Para mais informações sobre e-mail
[email protected] whatsapp(69)984065272

Comentários

Com muito ❤ por go7.site