ASSOCIAÇÃO DOS FERROVIÁRIOS DA EFMM SOLICITA DO IPHAN TOMBAMENTO DOS 366 KM DA VIA FÉRREA

24x31 banner gov

O presidente da Associação dos ferroviários da Estra de Ferro Madeira Mamoré, José Bispo, e o vice-presidente George Telles de Menezes, estiveram no início da tarde desta terça-feira (24) no Instituto do Patrimônio Histórico Artístico e Nacional de Rondônia Ipahn, para protocolar o pedido de tombamento do trecho da Estrada de Ferro Madeira Mamoré no percurso após os 8 quilômetros tombado até os Trezentos e Sessenta e Seis (366)  quilômetros, que dar acesso ao final Estrada de Ferro Madeira Mamoré, no antigo prédio da estação ferroviária de Guajará Mirim (RO).

Devido o grande valor histórico da ferrovia, a Associação dos Ferroviários da Estrada de Ferro Madeira Mamoré ressalta ao Iphan, que a construção da EFMM garantiu ao Brasil a posse da fronteira com a Bolívia e permitiu a colonização das extensões do território amazônico, iniciando na Capital Porto Velho, fundada em 4 de julho de 1907 se estendendo com o ciclo da borracha até a cidade Guajará Mirim (RO).

Considerando a extrema necessidade de preservação do bem maior dos rondonienses, a associação exige da União que olhe com mais atenção e carinho para o bem público, e por isso solicita a atenção dos órgãos para as ações de revitalização  e restauração da linha férrea, retornando a ativação do turismo  em Rondônia.

Associação dos Ferroviários da Estrada de Ferro Madeira Mamoré

24x31 banner gov

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
airton

airton

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens. Nós usamos cookies em nosso site para oferecer a melhor experiência possível.

Para mais informações sobre e-mail
[email protected] whatsapp(69)984065272

Comentários

Com muito ❤ por go7.site