Deputado Geraldo da Rondônia requer Voto de Louvor a moradores de Ariquemes

Propaganda do ar

O deputado Geraldo da Rondônia (PSC) requereu Voto de Louvor para nove moradores do município Ariquemes. De acordo com o parlamentar, esses moradores representam a força de todos os cidadãos do município.

O parlamentar disse conhecer a história de cada um e “diante de tantas lutas e vitórias essa honraria é mais que uma homenagem, é um reconhecimento”, afirmou.

Serão homenageados João Ronconi, um dos primeiros em Ariquemes a trabalhar na agricultura e hoje atua no ramo de caça e pesca;

Ireneo Pereira Santos, filho de soldado da borracha, nasceu com deficiência ocular e mesmo com todas as suas limitações virou comerciante e hoje apresenta o programa de rádio “Evangelizar”. 

Ilda da Conceição Salvático, professora e ex-vereadora e hoje atua como conselheira fiscal da Apae Brasil;

Vandemir Alcantra, professor e responsável pelo curso de administração da Escola Estadual Heitor Villas Lobos;

Rosa de Jesus Pereira, vereadora do município e reconhecida por todos pelos trabalhos sociais que desenvolve;

Adeir Candido Neto, fundador da Associação Comercial de Ariquemes e incentivador da leitura e hoje atual no ramo imobiliário e como diretor do SPC; Antônio Carlos de Melo Batista, trabalhava com madeira, trator e motosserras até sofrer um acidente e perder as duas pernas, com muito sacrifício construiu uma casa em um terreno doado e hoje vende produtos de limpeza e cria galinhas para garantir seu sustento;

 Marcelo Luis Pego teve paralisia infantil e ficou com o lado esquerdo do corpo paralisado. Mesmo com tantas dificuldades, hoje trabalha com reciclagem de garrafas PET e realiza palestras em escolas contando suas experiências com reciclagem e dando exemplos de superação.

Propaganda do ar

Como você avalia a gestão do Governo Marcos Rocha?

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
airton

airton

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens. Nós usamos cookies em nosso site para oferecer a melhor experiência possível.

Para mais informações sobre e-mail
[email protected] whatsapp(69)984065272

Comentários

Com muito ❤ por go7.site