Ji-Paraná: Adolescente que desapareceu há 25 dias é achado morto dentro de aldeia

24x31 banner gov

adolescente Fernando Freitas, que estava desaparecido desde 11 de março, foi encontrado morto dentro de uma aldeia indígena em Ji-Paraná (RO), a cerca de 370 quilômetros de Porto Velho. O corpo do jovem de 15 anos foi achado em decomposição pelo próprio tio, durante a tarde de quarta-feira (5).

Conforme familiares, Fernando desapareceu em março na Aldeia Gavião, próximo ao distrito de Nova Colina, após ficar dentro do carro ouvindo música e desde então Fernando não foi mais visto. O jovem e os parentes, que são de São Francisco do Guaporé (RO), tinham ido ao local para fazer uma visita.

Após o desaparecimento, os familiares realizaram várias buscas pelo jovem na mata, mas não obtiveram sucesso.

O corpo de Fernando foi encontrado por um tio, a poucos quilômetros de onde ele teria sido visto pela última vez e já estava em estágio avançado de putrefação.

De acordo com a madrasta do menino, Maria Lúcia, o cadáver foi achado em um local onde, possivelmente, os índios e os familiares já tinham procurado antes.

“Eu ainda não entendi, mas nós já tínhamos feito buscas em um raio de 20 quilômetros por várias vezes”, questiona.

O adolescente, que morava na cidade de São Francisco, estava em Ji-Paraná para realizar tratamentos psicológicos de depressão, segundo informou os familiares.

“Isto é uma coisa que a gente espera, mas não quer que aconteça. É muito triste perder um filho assim”, lamenta a madrasta do menino.

A família deve encaminhar o corpo do jovem para São Francisco do Guaporé, onde deverá ser enterrado, em data a ser divulgada.

As causas da morte devem ser apontadas por laudos do Instituto Médico Legal (IML) de Ji-Paraná.

Conforme os parentes da vítima, a Polícia Civil não realizou buscas dentro da aldeia por se tratar de uma área federal.

Nesta quinta-feira (6), a Polícia Federal (PF) informou que ainda não recebeu oficialmente sobre o caso da morte do jovem na reserva.

 

Por Pâmela Fernandes, G1 Ji-paraná

24x31 banner gov

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
airton

airton

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens. Nós usamos cookies em nosso site para oferecer a melhor experiência possível.

Para mais informações sobre e-mail
[email protected] whatsapp(69)984065272

Comentários

Com muito ❤ por go7.site