segunda-feira, abril 15, 2024
25 C
Porto Velho
segunda-feira 15, abril, 2024
- Publicidade -
Banner Dengue governo 06.04.2024

LEI SECA – OPERAÇÃO SERÁ INTENSIFICADA A PARTIR DESTE FINAL DE SEMANA

Mais lidos

 

Fonte: Secom – Governo de Rondônia

As ações estratégicas da Operação Lei Seca durante o período carnavalesco serão iniciadas em Rondônia neste fim de semana e se estenderão até o fim de semana pós-carnaval. De acordo com diretor de Operações do Departamento Estadual de Trânsito de Rondônia (Detran-RO), Hugo Correia, agentes de trânsito e policiais do interior do estado reforçarão a fiscalização em Porto Velho. As blitzes também serão feitas em parceria com órgãos de trânsito do município.

Para o diretor, o grande fluxo de trânsito e de blocos carnavalescos justifica a concentração de esforços da Operação Lei Seca em Porto Velho. Segundo levantamento do Registro Nacional de Acidentes e Estatísticas de Trânsito (RENAEST) de Rondônia, a capital rondoniense concentra a maior frota de veículos do estado. São mais de 250 mil veículos circulando, o que representa quase 30% da frota do estado, que é de 899.422.

A fiscalização ocorre em locais que foram mapeados com maior incidência de acidentes e próximos a pontos de consumo de álcool. ‘‘Esse período de carnaval é um momento que aumenta necessidade de fiscalização porque há um grande consumo de bebida alcoólica e precisamos reduzir os riscos de acidentes’’, disse o coordenador de Estatísticas interino, João Almeida.

A Lei Seca traz como desafio promover mudança cultural para não se dirigir alcoolizado. ‘‘Inicialmente havia muitas prisões por questão de desacato, a população não aceitava a operação, hoje em dia há maior conscientização, mas é preciso avançar ainda mais para superar essa cultura de beber e dirigir, e a Lei Seca se mostrou uma ferramenta importante para mudar esta situação. É preciso que ela se torne uma política de estado’’, avaliou o coordenador.

As últimas mudanças aplicadas no Código de Trânsito Brasileiro (CTB) imprimiram mais rigor para a embriaguez ao volante. Em novembro de 2016, a multa subiu de R$ 1.915,40 para R$ 2.934, 70.  Além da suspensão da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) pelo prazo de 12 meses.

 

Publicado por Richard Nunes

DRT: 1613/RO

 

- Publicidade -
CAMPANHA TRANSPARÊNCIA- PNA 13.04.2024 BANNER 970X250
- Publicidade -
CAMPANHA TRANSPARÊNCIA- PNA 13.04.2024 BANNER 300X250

Você pode gostar também!

Feito com muito 💜 por go7.com.br
Pular para o conteúdo