domingo, abril 14, 2024
27 C
Porto Velho
domingo 14, abril, 2024
- Publicidade -
ASSEMBLEIA

Pastor que pregava em Rondônia é preso no MT acusado de estuprar meninas VÍDEO

Mais lidos

O pastor Paulo Roberto Alves, 52 anos, que foi candidato a vice-prefeito por Cuiabá, foi preso na tarde da última quarta-feira (12), no bairro Jardim Itália, em Cuiabá, acusado de estuprar uma criança de 11 anos, identificada como A.N.A.S. e uma adolescente de apenas 16 anos, identificada como C.A.S.. As duas teriam recebido R$ 150 pelo programa. Após avistar uma viatura, o suspeito fugiu do local.

Conforme as informações do Boletim de Ocorrências (BO), uma viatura que fazia rondas pela região se deparou com uma caminhonete (Toyota Hilux) deixando duas crianças próximo a um matagal. Os policiais decidiram então seguir o suspeito para realizar a abordagem, mas quando ele percebeu, resolveu fugir em alta velocidade.

A viatura então retornou até o matagal e encontrou as duas meninas em um ponto de ônibus. No início, as duas inventaram uma história que não convenceu os policiais, que seguiram para a casa dos pais delas. Porém, eles não estavam na residência. Depois de algum tempo, a menor de 16 anos, que estava com R$ 150, disse que conhecia o suspeito há alguns dias e que já saiu e teve relação sexual com ele.

Na quarta-feira, ele teria ligado diversas vezes no telefone da menina, que estava na escola. O homem então teria dito que queria sair com ela e sua sobrinha, de apenas 11 anos. A garota disse que a criança seria muito nova, mas mesmo assim o acusado teria insistido na situação. Após o pastor convencer a menor, as duas seguiram até a residência dele, que fica localizada no bairro Jardim Itália.

A menina de 16 anos disse que as duas foram direto para o quarto do pastor, que teve relação sexual com a sua sobrinha, enquanto ela assistia a tudo. Depois de cometer o crime, ele ainda teria dado R$ 50 para ela e R$ 100 para a maior. De posse da placa da caminhonete, os PMs iniciaram as buscas pelo acusado.

A adolescente de 16 anos ainda relatou que, após ter visto a viatura, ele ligou para ela oferecendo mais R$ 200 para que o ocorrido não fosse relatado. O pastor foi preso e teve de prestar esclarecimentos na delegacia.

Além de pastor Evangélico da Assembleia de Deus dos Milagres, Paulo Roberto também já foi candidato a vice-prefeito em Cuiabá na chapa de Carlos Brito no ano de 2012.

 

O pastor Paulo Roberto Alves, 52 anos.

 

Fonte: Olhar Direto
- Publicidade -
INFRAESTUTURA GOV RO  05.04.2024 PROG VENC
- Publicidade -
CAMPANHA TRANSPARÊNCIA- PNA 13.04.2024 BANNER 300X250

Você pode gostar também!

Feito com muito 💜 por go7.com.br
Pular para o conteúdo