PM APURA DESCUIDO E MENTIRA DE POLICIAIS NO FURTO DE VIATURA

24x31 banner gov

O comando da Polícia Militar do Estado de São Paulo abriu inquérito para apurar a conduta dos policiais no furto de uma viatura da PM, segunda-feira (27), em Heliópolis, na capital. De acordo com a PM, a versão dada pelos policiais de que teriam sido rendidos por quatro homens armados com fuzis não é verdadeira. Um único homem furtou a viatura, foi perseguido e morreu num bloqueio da polícia, na Rodovia dos Bandeirantes.

 

As investigações apontam que o homem entrou na viatura, aproveitando-se de um provável descuido dos policiais. De acordo com nota da PM, dois policiais militares estavam cumprindo um ponto de estacionamento próximo da comunidade de Heliópolis, quando “por motivos a esclarecer, não mantiveram o contato visual e a adequada segurança com a viatura”.

Nesse momento, uma pessoa entrou na viatura e partiu com o veículo. “Esses policiais militares tentaram impedir o furto da viatura e efetuaram disparos contra o carro oficial, mas o infrator conseguiu fugir, provocando o início das ações de cerco e acompanhamento, que avançaram pela rodovia dos Bandeirantes, até a praça de pedágio, no km 77.”

Conforme a nota, as ações resultaram num acidente de trânsito com outra viatura policial e na colisão da viatura furtada contra uma carreta, causando a morte do condutor. Ainda segundo a PM, a história narrada pela rede de rádio da corporação fez com que um grande aparato fosse mobilizado para conter a suposta quadrilha.

O comando da PM suspeitou da história depois de ouvir a gravação do sistema de radiocomunicação da viatura, em que o autor do furto dizia que desde pequeno queria ser policial e “realizava um sonho de criança”. Além disso, os outros suspeitos citados não foram vistos em nenhum momento e não haviam armas na viatura.

Os dois policiais foram afastados do policiamento e serão ouvidos no Inquérito Policial Militar. Eles devem responder a processo por falsa comunicação de crime, além de receber punições disciplinares. Com informações do Estadão Conteúdo.

Publicado por Richard Nunes

DRT – 1613/RO

Fonte: Notícias ao Minuto

24x31 banner gov

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
airton

airton

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens. Nós usamos cookies em nosso site para oferecer a melhor experiência possível.

Para mais informações sobre e-mail
[email protected] whatsapp(69)984065272

Comentários

Com muito ❤ por go7.site