PM FECHA BOCA DE FUMO: MULHERES COM TORNOZELEIRAS SÃO SUSPEITAS DE EXERCEREM COMANDO

24x31 banner gov

A Polícia Militar através da Força Tática do 1ºBPM comandada pelo Cabo Rusman fechou uma boca de fumo na noite quarta-feira (15), inclusive suspeitam que duas mulheres com o uso de tornozeleiras eletrônicas exerciam o comando. O flagrante que resultou na prisão de quatro adulto e um infrator de 16 anos ocorreu na Rua América do Norte, Bairro Lagoa na Zona Leste de Porto Velho.  Os adultos foram identificados por Deimeson S. de Souza, 19 anos Wagner P. Oliveira, 23 anos; Daijane S. Valente, 25 anos; Leiciane G. da Silva, 28 anos.

A guarnição estava em patrulhamento ostensivo quando soube via Centro Integrado de Operações Policiais (Ciop) que um suspeito estava fugindo de outra do 5ºBPM, ao ser autorizada para dá apoio avistou um motociclista de camisa branca e calça jeans na moto Titan verde de placa MZW-5482, inclusive demonstrou nervosismo ao olhar diversas vezes para trás Ao abordarem o mesmo e ser pego com uma pequena quantidade de droga, logo disse que havia pego com uma mulher na Rua América do Sul, mas não soube precisar o nome.

 

Os policiais fizeram o descolamento e ao chegarem na residência apontada viram quando os suspeitos tentaram correr para dentro, mas tiveram tempo de abordá. Daijane que estava com papel alumínio na tornozeleira ao ver os militares arrancou a cobertura, inclusive ao ser inquirida disse que não poderia estar ali, por isso, tentou cortar o sinal do monitoramento. Leiciane que assuiu ser a dona da cada, a princípio tentou impedir a entrada para buscas e exigiu mandado. Todavia, como a operação estava em andamento deram sequência com o objetivo de tirar o grupo de circulação.

 

A persistência dos profissionais de segurança logo foi coroada com êxito, pois foi encontrado no quarto em um saco plástico dentro de uma sapateira 22 papelotes de maconha, 58 de oxi originário da cocaína e uma espingarda de cano curto debaixo da cama. Ao perguntarem a Leiciane sobre quem dormia no quarto, ela disse que era o menor, mas foi encontrada uma carteira porta cédula de cor azul com R$ 1.200 reais e em nome da mesma identificação de acesso ao Presídio Urso Branco. Já no endereço de Deimeson encontraram dentro de uma gaveta do guarda-roupa 44 papelotes e um tablete de maconha.

 

 

 

 

Fonte: RONDONIA NO AR

24x31 banner gov

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
airton

airton

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens. Nós usamos cookies em nosso site para oferecer a melhor experiência possível.

Para mais informações sobre e-mail
[email protected] whatsapp(69)984065272

Comentários

Com muito ❤ por go7.site