terça-feira, março 5, 2024
Banner Theo Coelho
27 C
Porto Velho
terça-feira 5, março, 2024
- Publicidade -
ASSEMBLEIA

Preso no Presídio Central, Joseph cogita fazer delação premiada, em Ji-Paraná

Mais lidos

Preso desde 14 de fevereiro de 2017 e alvo de muitas investigações relacionadas à Operação Assepsia, o ex-gerente geral de fiscalização da Prefeitura de Ji-Paraná (RO) Joseph Newton Fernandes Rabelo quer fazer acordo de delação premiada. A intenção de colaborar e negociar uma pena menor em eventual condenação foi repassado a pessoas próximas.

Joseph foi preso em fevereiro/2017 durante a Operação Assepsia, suspeito de chefiar uma organização criminosa que desviou mais de R$ 500 mil do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Ji-Paraná e da Prefeitura de Ji-Paraná.

Ex-todo-poderoso, Joseph pode ser uma peça-chave para entender exatamente como funcionava o esquema de corrupção do Sindicato e na Prefeitura de Ji-Paraná e sobre o possível “caixa 2” que alimentou candidatos a vereador nas eleições do ano passado (2016).

As especulações de uma possível delação premiada de Joseph aumentaram na última semana, com duas postagens nas redes sociais (Facebook) de Adrícia Maria Pereira (esposa de Joseph) que vem causando abalo psicológico em diversos vereadores eleitos e candidatos a vereador não eleitos e também em empresários com quem Joseph mantinha negócio.

Em uma das postagens, Adricia possivelmente manda recado para algúém: “E Ji Paraná segura a sua estrutura uns vai rir outros chorar”. Já na segunda Adrícia disse: “Delação o nome lindo adoro adoro pra cima ji parana”.

- Publicidade -
ASSEMBLEIA
- Publicidade -
arigurte
Loja da tucano

Você pode gostar também!

Feito com muito 💜 por go7.com.br
Pular para o conteúdo